O que fazer em Lisboa? Dia vs Noite.

Vais visitar Lisboa durante o dia ou durante a noite?

É do senso comum que a hora do dia muda as coisas que podes fazer numa cidade, mas visitar Lisboa é obrigatório a qualquer hora do dia. Já agora, és uma pessoa mais diurna ou nocturna? Temos dicas para pessoas diurnas ou nocturnas e, apesar de termos várias, há uma que achamos que é obrigatório tomares nota porque te vai dar a oportunidade de veres vários locais importantes da cidade em poucas horas.

Descobre mais abaixo.

10 coisas para fazeres em Lisboa durante o dia:

  1. Visita a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos
  2. Dá um passeio pelo bairro histórico de Alfama
  3. Vai ao topo do Castelo de São Jorge
  4. Visita o Museu Calouste Gulbenkian
  5. Faz uma viagem ao Oceanário de Lisboa
  6. Parte à aventura com a Explorial
  7. Visita o Museu Nacional do Azulejo
  8. Vai ao Jardim Zoológico de Lisboa
  9. Visita o Mercado Time Out
  10. Vai ao Museu do Fado

1. Visita a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos

A Torre de Belém é um ícone cultural e uma das atracções turísticas mais populares de Lisboa, Portugal. É uma torre fortificada situada na margem norte do rio Tejo, no bairro de Belém. A torre foi construída no início do século XVI como uma estrutura defensiva para proteger a cidade de Lisboa de ataques navais. Foi também utilizada como porta de entrada cerimonial para os navios que chegavam a Lisboa.

A torre é um excelente exemplo da arquitetura manuelina, um estilo que combina elementos góticos e renascentistas com motivos e símbolos inspirados na época dos Descobrimentos. A torre está adornada com intrincados entalhes em pedra e pormenores ornamentais, como cordas, âncoras e cruzes, que são representativos da história marítima portuguesa.

No interior da torre, os visitantes podem explorar as várias salas e câmaras, que foram convertidas num museu. O museu exibe vários artefactos e exposições que contam a história da torre e o seu papel na história de Lisboa. Existe também um miradouro no último andar, de onde podes desfrutar de vistas panorâmicas sobre a cidade e o rio.

A Torre de Belém é Património Mundial da UNESCO e é considerada um dos símbolos mais importantes da época dos Descobrimentos portugueses. É também um local popular para eventos culturais, tais como concertos e exposições. A torre está aberta ao público e pode ser visitada durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.

O Mosteiro dos Jerónimos, também conhecido como Mosteiro dos Jerónimos, é um mosteiro monumental localizado no bairro de Belém, em Lisboa, Portugal. É Património Mundial da UNESCO e uma das atracções turísticas mais visitadas de Lisboa.

O mosteiro foi fundado no início do século XVI pelo rei D. Manuel I de Portugal, em homenagem a Vasco da Gama e à época dos Descobrimentos portugueses. Foi construído em estilo manuelino, um estilo arquitetónico único que combina elementos góticos e renascentistas com motivos e símbolos inspirados na história marítima portuguesa. O mosteiro está adornado com intrincadas esculturas em pedra, pormenores ornamentados e elementos simbólicos, como cordas, âncoras e cruzes.

No interior do mosteiro, os visitantes podem explorar as várias capelas, claustros e outros espaços, que foram convertidos num museu. O museu exibe vários artefactos e exposições que contam a história do mosteiro e o seu papel na história de Portugal. No último piso, existe ainda um miradouro, de onde se pode desfrutar de uma vista panorâmica sobre a cidade e o rio.

O Mosteiro dos Jerónimos é um local popular para eventos culturais, como concertos e exposições. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.

2. Dá um passeio pelo bairro histórico de Alfama

alfama gbb06f411f 1920

Alfama é um bairro histórico de Lisboa, Portugal, conhecido pelas suas ruas estreitas, encostas íngremes e casas coloridas. É um dos bairros mais antigos da cidade e tem uma história e cultura ricas.

Situa-se numa colina com vista para a cidade e para o rio, e é conhecido pelas suas vistas pitorescas e pelo seu ambiente encantador. O bairro é conhecido pela sua música de fado, um género musical tradicional português que teve origem no século XIX e que se caracteriza pelas suas letras melancólicas e emotivas. Existem muitas casas de fado e restaurantes onde os visitantes podem desfrutar de espectáculos de fado ao vivo e da cozinha tradicional portuguesa.

Este local é também o lar de vários marcos históricos, como o Castelo de São Jorge, um castelo medieval que remonta ao século XI, e a Sé de Lisboa, uma catedral de estilo românico que foi construída no século XII. No bairro também se encontra o Panteão Nacional, uma antiga igreja que foi convertida em panteão para homenagear as maiores figuras do país.

Alfama é um bairro animado com uma atmosfera vibrante e um rico património cultural. É um destino popular para os turistas e uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a história e a cultura de Lisboa.

3. Vai até ao topo do Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge é um castelo medieval situado no bairro histórico de Alfama, em Lisboa, Portugal. É um ícone cultural e uma das atracções turísticas mais populares de Lisboa.

O castelo foi construído no século XI pelos mouros, que governavam a região na altura. Mais tarde, foi conquistado pelas forças cristãs e tornou-se uma importante estrutura defensiva para a cidade. Mais tarde, foi utilizado como palácio real e serviu de residência aos reis portugueses.

Atualmente, o castelo está aberto ao público e os visitantes podem explorar as suas várias câmaras, salões e jardins. O castelo alberga um museu que exibe vários artefactos e exposições que contam a história do castelo e o seu papel na história de Lisboa. Existe também um miradouro no último andar, de onde os visitantes podem desfrutar de vistas panorâmicas sobre a cidade e o rio.

O Castelo de São Jorge é um local popular para eventos culturais, como concertos e exposições. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O castelo é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a história e a cultura de Lisboa.

4. Visita o Museu Calouste Gulbenkian

O Museu Calouste Gulbenkian é um museu de arte localizado em Lisboa, Portugal. É um dos museus mais visitados do país e é conhecido pela sua extensa coleção de arte, que vai desde os tempos antigos aos modernos.

O museu foi fundado no início do século XX por Calouste Gulbenkian, um rico empresário e filantropo arménio. Após a sua morte, deixou a sua extensa coleção de arte ao museu. A coleção inclui uma grande variedade de formas de arte, incluindo pinturas, esculturas, cerâmicas, jóias e manuscritos.

O museu está dividido em duas secções principais: o Centro de Arte Moderna e o Centro de Arte Antiga. O Centro de Arte Moderna exibe uma coleção de arte moderna e contemporânea, incluindo obras de artistas como Monet, Renoir e Van Gogh. O Centro de Arte Antiga exibe uma coleção de arte antiga, incluindo artefactos egípcios, gregos e romanos.

O Museu Calouste Gulbenkian é um destino popular para os amantes da arte e para os visitantes interessados em explorar a história e a cultura de Lisboa. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.

5. Faz uma viagem ao Oceanário de Lisboa

lisbon oceanarium g20dec4bda 1920

O Oceanário de Lisboa é um aquário localizado no bairro do Parque das Nações, em Lisboa, Portugal. É um dos maiores aquários da Europa e alberga uma grande variedade de vida marinha, incluindo peixes, mamíferos, aves e répteis.

O oceanário está dividido em quatro áreas principais: o Atlântico, o Pacífico, o Índico e o Antártico. Cada área alberga uma variedade de vida marinha nativa da região correspondente. Os visitantes podem explorar os vários habitats e aprender sobre as diferentes espécies que aí vivem. O oceanário também tem uma série de exposições interactivas e programas educativos, tais como alimentação e demonstrações, que permitem aos visitantes aprender mais sobre a vida marinha e o ambiente.

O Oceanário de Lisboa é um destino popular para famílias e visitantes interessados na vida marinha e no ambiente. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O oceanário é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar as maravilhas do oceano e aprender sobre o importante papel que a vida marinha desempenha no mundo.

6. Parte numa aventura com a Explorial

Uma ideia bastante inteligente e económica para te ajudar a explorar a cidade. O Explorial é um jogo interativo e desafiante em que o objetivo é recolher o máximo de pontos possível em grupo. Explora a cidade a pé e ganha pontos por resolver diferentes tipos de tarefas. Quer conheças bem a cidade ou estejas apenas de visita, com o Explorial é garantido que vais conhecer a cidade de uma nova forma.

Em Lisboa tens dois percursos/experiências, como te mostramos abaixo.

O primeiro é Lisboa (Bairros Chiado e Baixa), que consiste em explorar e descobrir as zonas do Chiado e Baixa.

O segundo é Lisboa (Distrito de Belém) e este trilho permite-te explorar e desfrutar da zona de Belém, que é também um local bastante Instagramável!

7. Visita o Museu Nacional do Azulejo

O Museu Nacional do Azulejo é um museu localizado em Lisboa, Portugal, dedicado à história e à arte do azulejo. Está instalado no Convento da Madre de Deus, um antigo convento que foi construído no início do século XVI e é Património Mundial da UNESCO.

O museu exibe uma coleção de azulejos dos séculos XV a XX, representando uma grande variedade de estilos e técnicas. Os azulejos estão organizados cronologicamente e de acordo com a sua região de origem, permitindo aos visitantes acompanhar a evolução da azulejaria em Portugal e no mundo. O museu tem também uma série de exposições interactivas e programas educativos, como workshops e demonstrações, que permitem aos visitantes aprender mais sobre a história e a arte do azulejo.

O Museu Nacional do Azulejo é um destino popular para os entusiastas da arte e da história e para os visitantes interessados em explorar o rico património cultural de Lisboa. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O museu é uma visita obrigatória para todos os interessados em conhecer a história e a arte do azulejo e o importante papel que este desempenha na identidade cultural de Portugal.

8. Vai ao Jardim Zoológico de Lisboa

O Jardim Zoológico de Lisboa é um parque zoológico localizado em Lisboa, Portugal. É um dos mais antigos jardins zoológicos da Europa e alberga uma grande variedade de animais, incluindo mamíferos, aves, répteis e anfíbios.

O Jardim Zoológico de Lisboa está dividido em várias áreas, cada uma dedicada a um grupo diferente de animais. Os visitantes podem explorar os vários habitats e aprender sobre as diferentes espécies que lá vivem. O jardim zoológico tem também uma série de exposições interactivas e programas educativos, tais como alimentação e demonstrações, que permitem aos visitantes aprender mais sobre os animais e o ambiente.

Para além das suas exposições de animais, o Jardim Zoológico de Lisboa também tem uma série de instalações recreativas, como parques infantis, restaurantes e lojas de recordações. É um destino popular para famílias e visitantes de todas as idades e está aberto ao público durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O Jardim Zoológico de Lisboa é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar o mundo dos animais e aprender sobre o seu importante papel no ambiente.

9. Visita o Mercado Time-Out

O Time Out Market é um mercado de alimentos localizado em Lisboa, Portugal. É um destino popular para quem gosta de comida e para os visitantes que procuram experimentar uma variedade de cozinhas locais e internacionais.

O Time Out Market está instalado num edifício histórico no centro de Lisboa e alberga uma série de bancas de comida e restaurantes que oferecem uma grande variedade de opções culinárias. Os visitantes podem escolher entre uma variedade de pratos, que vão desde a cozinha tradicional portuguesa a sabores internacionais. O mercado também tem uma série de bares e um terraço no telhado com vistas panorâmicas da cidade.

Para além da sua oferta gastronómica, o Time Out Market também acolhe uma série de eventos culturais, como música ao vivo, projecções de filmes e demonstrações de culinária. É um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e está aberto ao público durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O Time Out Market é uma visita obrigatória para todos os interessados em explorar a diversidade gastronómica de Lisboa.

10. Vai ao Museu do Fado

O Museu do Fado é um museu localizado em Lisboa, Portugal, dedicado à história e cultura do Fado, um género musical tradicional português caracterizado pelas suas letras melancólicas e emotivas. É um dos museus mais visitados de Lisboa e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em conhecer a história e a cultura do Fado.

O museu está instalado num edifício histórico no coração da cidade e exibe uma coleção de artefactos e exposições que contam a história do Fado e a sua evolução ao longo do tempo. O museu também tem uma série de exposições interactivas e programas educativos, tais como workshops e demonstrações, que permitem aos visitantes aprender mais sobre a história e a cultura do Fado.

Para além das suas exposições, o Museu do Fado também acolhe uma série de eventos culturais, tais como concertos, exposições e projecções de filmes. É um destino popular para os entusiastas da música e para os visitantes interessados em explorar o rico património cultural de Lisboa. O Museu do Fado está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.


10 coisas para fazer em Lisboa durante a noite:

  1. Visita o Bairro Alto
  2. Assiste a um espetáculo de fado tradicional num restaurante ou bar local
  3. Dar um passeio pela zona ribeirinha e apreciar a vista da cidade a partir da Ponte 25 de abril
  4. Visita a LX Factory
  5. Vê o Mercado Noturno no Time Out Market Lisboa
  6. Assiste a um espetáculo no Coliseu
  7. Vai até ao topo do Miradouro de Santa Catarina ou do Miradouro da Graça
  8. Vai ao Oceanário
  9. Faz uma visita guiada aos fantasmas da cidade
  10. Visita a Casa Independente

1. Visita o Bairro Alto

O Bairro Alto é um bairro histórico de Lisboa, Portugal, conhecido pela sua vibrante vida nocturna. Situa-se no centro da cidade e alberga uma série de bares, discotecas e restaurantes que ficam abertos até tarde da noite.

O Bairro Alto é um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e é conhecido pela sua atmosfera animada e pelas diversas opções de entretenimento. O bairro alberga uma série de casas de fado tradicionais, onde os visitantes podem desfrutar de espectáculos de fado ao vivo e da cozinha tradicional portuguesa. É também o lar de vários clubes e bares que tocam uma variedade de música, desde eletrónica a jazz e rock.

Para além das suas opções de entretenimento, o Bairro Alto é também o lar de vários marcos culturais, como a Igreja de São Roque, uma igreja de estilo barroco que alberga uma das maiores colecções de ouro e prata do mundo, e o Museu do Chiado, um museu dedicado à arte contemporânea portuguesa.

O Bairro Alto é um local de visita obrigatória para quem quer conhecer a vibrante vida nocturna de Lisboa e explorar o seu rico património cultural.

2. Assiste a um espetáculo de fado tradicional num restaurante ou bar local

pexels tiff ng 3130810

O fado é um género musical tradicional português caracterizado pelas suas letras melancólicas e emotivas. É uma parte integrante da cultura portuguesa e é amplamente reconhecido como um símbolo do país.

Os espectáculos de fado são tipicamente realizados em locais especializados chamados casas de fado, que estão espalhados por toda a cidade de Lisboa. Estes locais variam em tamanho e estilo, desde espaços pequenos e íntimos a locais maiores e mais formais.

Durante uma atuação tradicional de Fado, um cantor (o fadista) é acompanhado por um ou dois músicos que tocam guitarra portuguesa. O fadista canta enquanto os músicos tocam, e as letras das canções contam muitas vezes histórias de amor, perda e saudade.

Os espectáculos de fado são uma parte importante da cena cultural de Lisboa e são uma experiência obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar o rico património cultural da cidade. Os espectáculos de fado são normalmente realizados à noite e duram cerca de uma hora. O ambiente é tipicamente íntimo e moderado, e espera-se que o público ouça com atenção e mostre respeito pelos artistas.

3. Dá um passeio pela zona ribeirinha e aprecia as vistas da cidade a partir da Ponte 25 de abril

pexels andre ramos 2182552 1

A Ponte 25 de abril é uma ponte suspensa localizada em Lisboa, Portugal, que atravessa o rio Tejo. É um dos marcos mais emblemáticos da cidade e um destino turístico popular.

À noite, a Ponte 25 de abril é iluminada com luzes coloridas que criam um efeito visual espetacular. A ponte é um local popular para fotografia e oferece vistas deslumbrantes sobre a cidade e o rio. É também um local popular para os habitantes locais e turistas se reunirem e desfrutarem da atmosfera nocturna.

Para além da sua atração visual, a Ponte 25 de abril é também um marco cultural e histórico. Foi concluída em 1966 e deve o seu nome à data da Revolução dos Cravos, que derrubou o regime autoritário em Portugal. A ponte é um símbolo da transição democrática do país e é uma parte importante da identidade cultural de Lisboa.

A Ponte 25 de abril é uma visita obrigatória para todos os interessados em explorar a história e a cultura de Lisboa e desfrutar da vida nocturna da cidade. Está aberta ao público e pode ser visitada durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.

4. Visita a LX Factory

A Lx Factory é um centro criativo localizado em Lisboa, Portugal, conhecido pela sua vibrante vida nocturna. É um antigo complexo industrial que foi convertido num centro para artistas, designers e empresários.

À noite, a Lx Factory ganha vida com uma variedade de opções de entretenimento, que vão desde música ao vivo e espectáculos a exposições e projecções de filmes. O complexo alberga uma série de bares, discotecas e restaurantes que ficam abertos até altas horas da noite. É um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e é conhecido pela sua atmosfera animada e pelas diversas opções de entretenimento.

Para além das suas opções de entretenimento, a Lx Factory também alberga uma série de empresas e organizações criativas, como galerias de arte, estúdios e espaços de coworking. É um centro de inovação e criatividade e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a cena criativa de Lisboa.

A Lx Factory está aberta ao público e pode ser visitada durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. É uma visita obrigatória para todos os que procuram experimentar a vibrante vida nocturna de Lisboa e explorar a sua cena criativa e cultural.

5. Vê o Mercado Noturno no Time Out Market Lisboa

O Time Out Market em Lisboa, Portugal, é um destino popular para os amantes da gastronomia e visitantes que procuram experimentar uma variedade de cozinhas locais e internacionais. O mercado acolhe uma série de eventos ao longo do ano, incluindo o Mercado Noturno, um evento mensal que tem lugar na última sexta-feira de cada mês.

Durante o Mercado Noturno, o Time Out Market transforma-se numa atmosfera vibrante e animada, com uma variedade de opções de entretenimento. O mercado alberga várias bancas de comida e restaurantes que oferecem uma grande variedade de opções gastronómicas, desde a cozinha tradicional portuguesa aos sabores internacionais. Há também uma série de bares e um terraço no telhado com vistas panorâmicas da cidade.

Para além da sua oferta gastronómica, o Mercado Noturno também apresenta uma série de eventos culturais, como música ao vivo, projecções de filmes e demonstrações de culinária. É um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a diversificada cena culinária de Lisboa. O Mercado Noturno realiza-se das 19h00 à meia-noite e está aberto ao público.

6. Assiste a um espetáculo no Coliseu

O Coliseu de Lisboa é um teatro e local de entretenimento localizado em Lisboa, Portugal. É um dos teatros mais emblemáticos da cidade e é conhecido pelo seu programa diversificado de espectáculos, incluindo música, dança, teatro e comédia.

O Coliseu de Lisboa acolhe uma variedade de espectáculos ao longo do ano, desde actuações tradicionais portuguesas a produções internacionais. É um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e é conhecido pelos seus espectáculos de alta qualidade e pelas suas instalações topo de gama.

Para além do palco principal, o Coliseu de Lisboa tem também vários palcos mais pequenos, que acolhem uma variedade de espectáculos, incluindo concertos, exposições e eventos culturais. É um centro de entretenimento e cultura em Lisboa e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a rica cena cultural da cidade.

O Coliseu de Lisboa está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora a programação dos espectáculos e o horário de funcionamento possam variar consoante a época.

7. Vai até ao topo do Miradouro de Santa Catarina ou do Miradouro da Graça

O Miradouro de Santa Catarina e o Miradouro da Graça são miradouros localizados em Lisboa, Portugal, conhecidos pelas suas vistas panorâmicas da cidade e do rio. É um destino popular tanto para os habitantes locais como para os turistas e é uma visita obrigatória para quem quer desfrutar do ambiente noturno e apreciar as vistas da cidade.

À noite, estes miradouros são iluminados com luzes coloridas e são um local popular para fotografar. Estes são locais populares para os habitantes locais e turistas se reunirem e desfrutarem da atmosfera nocturna.

Estes miradouros são uma visita obrigatória para quem quer apreciar as vistas deslumbrantes da cidade. Está aberto ao público e pode ser visitado durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano.

8. Vai ao Oceanário

À noite, o Oceanário de Lisboa é iluminado com luzes coloridas e é um destino popular para famílias e visitantes que procuram explorar as maravilhas do oceano num ambiente único e emocionante. O aquário está dividido em quatro áreas principais: o Atlântico, o Pacífico, o Índico e o Antártico. Cada área alberga uma variedade de vida marinha nativa da região correspondente. Os visitantes podem explorar os vários habitats e aprender sobre as diferentes espécies que aí vivem.

Para além das suas exposições de animais, o Oceanário de Lisboa também tem uma série de instalações recreativas, tais como parques infantis, restaurantes e lojas de recordações. É um destino popular para famílias e visitantes de todas as idades e está aberto ao público durante todo o ano, embora o horário de funcionamento possa variar consoante a estação do ano. O Oceanário de Lisboa é uma visita obrigatória para todos os interessados em explorar o mundo da vida marinha e aprender sobre o seu importante papel no ambiente.

9. Faz uma visita guiada aos fantasmas da cidade

Os passeios fantasma em Lisboa são uma atividade popular para os visitantes que procuram explorar o rico património cultural e histórico da cidade de uma forma única e emocionante. Estas visitas têm lugar tipicamente à noite e são conduzidas por guias locais que conhecem bem a história e o folclore da cidade.

Durante uma visita guiada aos fantasmas de Lisboa, os visitantes terão a oportunidade de explorar os recantos escondidos da cidade e descobrir os seus segredos assustadores. As visitas guiadas realizam-se frequentemente em bairros e locais históricos, como o bairro de Alfama e o Castelo de São Jorge, e centram-se na história e nas lendas obscuras da cidade. Os visitantes ficarão a conhecer os locais assombrados da cidade e as histórias de fantasmas e espíritos que os assombram.

As visitas guiadas aos fantasmas em Lisboa são uma experiência imperdível para todos os interessados em explorar o rico património cultural e histórico da cidade e conhecer um lado diferente de Lisboa. Normalmente, realizam-se à noite e duram cerca de duas horas. Os passeios são adequados para todas as idades, embora possam não ser adequados para crianças pequenas ou para aqueles que se assustam facilmente.

10. Visita a Casa Independente

A Casa Independente é um centro cultural localizado em Lisboa, Portugal, conhecido pelo seu programa diversificado de eventos e actividades. É um centro de inovação e criatividade e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a cena cultural da cidade.

A Casa Independente está instalada num edifício histórico no coração da cidade e alberga uma série de organizações culturais e criativas, como galerias de arte, estúdios e espaços de coworking. É um destino popular para os habitantes locais e turistas e é conhecida pela sua atmosfera animada e diversas opções de entretenimento.

O centro cultural acolhe uma variedade de eventos ao longo do ano, desde música ao vivo e espectáculos a exposições e projecções de filmes. É um centro de entretenimento e cultura em Lisboa e é uma visita obrigatória para qualquer pessoa interessada em explorar a rica cena cultural da cidade.

A Casa Independente está aberta ao público e pode ser visitada durante todo o ano, embora o horário de funcionamento e a programação dos eventos possam variar consoante a estação do ano.


GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE AS MELHORES COISAS PARA FAZER EM LISBOA? COLOCA-O NO PIN!

Se achaste este artigo sobre o que fazer em Lisboa interessante, por favor considera partilhá-lo com os teus amigos. Para nós, será muito importante 🙂

Ideia Pins
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Explore more travel tips