Melhores coisas para fazer em Montreal, Canadá (ULTIMATE 2023 Travel Guide)

Montreal é uma cidade vibrante e culturalmente rica que oferece uma grande variedade de actividades e atracções para os visitantes. Desde explorar os bairros históricos e as instituições culturais da cidade, até desfrutar dos seus espaços ao ar livre e da vida nocturna, há sempre algo para fazer em Montreal.

Nesta publicação do blogue, vamos fornecer-te uma lista das 15 melhores coisas para fazer em Montreal, para que possas aproveitar ao máximo a tua viagem a esta cidade fantástica. Quer te interesses por história, cultura ou apenas te queiras divertir, há algo para todos nesta lista. Por isso, acompanha-nos enquanto exploramos as 15 melhores coisas para fazer em Montreal:

Quais são as 15 melhores coisas para fazer em Montreal?

  1. Dá um passeio pelo bairro histórico da Velha Montreal
  2. Visita a Basílica de Notre-Dame
  3. Explora o Museu de Belas Artes de Montreal
  4. Visita o Biodome de Montreal
  5. Visita o Jardim Botânico de Montreal
  6. Dá um passeio ao longo da Promenade des Artistes
  7. Explora o Centro de Ciência de Montreal
  8. Faz uma visita guiada ao Marché Bonsecours
  9. Visita o Centro de História de Montreal
  10. Visita o Fórum de Montreal
  11. Dá um passeio pelo bairro Plateau
  12. Visita o Parque Olímpico de Montreal
  13. Explora o Museu de Arqueologia e História de Montreal
  14. Visita a Maison St-Gabriel
  15. Dá um passeio ao longo do Canal Lachine

1. Bairro antigo de Montreal

montreal explorial 4

A Velha Montreal é um bairro histórico localizado no coração da cidade. É conhecido pelas suas encantadoras ruas de calçada, edifícios históricos e atmosfera vibrante, o que o torna um destino popular para turistas e habitantes locais.

Uma das principais atracções da Velha Montreal é a Basílica de Notre-Dame, um exemplo impressionante da arquitetura Revivalista Gótica. Outros pontos de referência notáveis no bairro incluem o Château Ramezay, o Museu Pointe-à-Callière e a Câmara Municipal de Montreal.

A Velha Montreal é também o lar de várias praças e espaços públicos encantadores, incluindo a Place Jacques-Cartier, a Place d’Armes e a Place Royale. Estas praças são destinos populares para compras, refeições e entretenimento, e estão frequentemente cheias de artistas de rua e outros entretenimentos.

Para além dos seus edifícios históricos e marcos históricos, a Velha Montreal também alberga uma série de restaurantes, cafés e bares, o que a torna um ótimo local para desfrutar de uma refeição ou de uma bebida. O bairro também abriga várias galerias e estúdios de arte, bem como várias instituições culturais, como o Museu de Arqueologia e História de Montreal.

montreal explorial 17

No geral, a Velha Montreal é um destino obrigatório para quem visita Montreal. A sua atmosfera encantadora, a sua história rica e a sua cultura vibrante fazem dela uma experiência verdadeiramente única e inesquecível.

Uma das melhores maneiras de veres todos os pontos turísticos é com uma aplicação. A Explorial oferece-te uma Caça ao Tesouro / Passeios Turísticos.

Se estás interessado nos pontos turísticos mais emblemáticos da cidade velha de Montreal, então deves dar uma vista de olhos a este passeio:

2. Basílica de Notre-Dame

montreal explorial 1 1

A Basílica de Notre-Dame é um exemplo impressionante da arquitetura neogótica localizada na Velha Montreal. É considerada um dos melhores exemplos deste estilo arquitetónico na América do Norte e é um destino turístico popular em Montreal.

A basílica foi projectada pelo arquiteto James O’Donnell e a sua construção começou em 1824. Foi concluída em 1829 e consagrada como catedral em 1852. A basílica é conhecida pelo seu interior deslumbrante, que apresenta belos vitrais, esculturas de madeira intrincadas e retábulos ornamentados.

Uma das características mais impressionantes da Basílica de Notre-Dame é o seu grande órgão, que tem mais de 7.000 tubos e é considerado um dos melhores do mundo. A basílica também possui uma série de obras de arte famosas, incluindo uma pintura do artista francês Jean-Baptiste Roy-Audy, que foi encarregado de criar várias obras para a basílica em meados do século XIX.

A Basílica de Notre-Dame é um local popular para concertos e eventos, e é também um local popular para casamentos e outras cerimónias. Para além do seu significado religioso e cultural, a basílica é também um importante local histórico, uma vez que foi a primeira igreja a ser construída em Montreal e tem desempenhado um papel central na história da cidade.

Atualmente, a Basílica de Notre-Dame atrai milhares de visitantes todos os anos e é um destino obrigatório para quem visita Montreal. A sua bela arquitetura, a sua rica história e o seu significado cultural fazem dela uma experiência verdadeiramente única e inesquecível.

3. Museu de Belas Artes de Montreal

montreal explorial 10

O Museu de Belas Artes de Montreal (MMFA) é um museu de renome mundial que alberga uma coleção de mais de 45.000 obras de arte de todo o mundo, incluindo pinturas, esculturas, fotografias e muito mais.

O MMFA está dividido em vários pavilhões, cada um dos quais dedicado a um tema ou período de arte diferente. O Pavilhão Jean-Noël Desmarais, por exemplo, alberga a coleção de arte europeia do museu desde o século XIV ao século XX, enquanto o Pavilhão Michal e Renata Hornstein alberga a coleção de arte contemporânea do museu.

O MMFA alberga também uma série de exposições temporárias, que mostram as obras de artistas contemporâneos ou se centram em temas ou períodos específicos da arte. As exposições anteriores incluíram obras de artistas como Monet, Van Gogh e Rembrandt, bem como exposições sobre temas como a arte grega antiga e a arte das Primeiras Nações.

Para além da sua coleção de arte, a MMFA também acolhe uma variedade de programas e eventos educativos, incluindo palestras, workshops e concertos. Também tem uma série de comodidades, incluindo um café e uma loja de recordações.

No geral, o Museu de Belas Artes de Montreal é um destino essencial para qualquer pessoa interessada em arte e cultura. A sua impressionante coleção e a diversidade de exposições fazem dele um destino obrigatório para os visitantes de Montreal.

4. Biodome de Montreal

montreal explorial 2

O Biodome de Montreal é um museu da natureza que alberga várias réplicas de diferentes ecossistemas, incluindo a Floresta Tropical, a Floresta Laurentiana de Maple, o Golfo de São Lourenço e o Mundo Polar. Estes ecossistemas albergam uma variedade de espécies vegetais e animais, muitas das quais são nativas das regiões que representam.

O Biodome de Montreal é um destino popular para famílias e entusiastas da natureza, e é conhecido pelo seu compromisso com a conservação e a sustentabilidade. É o lar de uma série de programas de investigação e educação, que visam promover a compreensão e apreciação do mundo natural.

Para além das suas exposições de animais vivos, o Biodoma de Montreal também apresenta uma série de exposições educativas e interactivas. Estas exposições fornecem aos visitantes informações sobre os diferentes ecossistemas e as espécies vegetais e animais que neles vivem, bem como os desafios que enfrentam.

O Biodome de Montreal é um destino único e fascinante que oferece aos visitantes a oportunidade de aprender e experimentar diferentes ecossistemas de todo o mundo. É um ótimo lugar para passar um dia a aprender sobre o mundo natural e a conhecer de perto uma variedade de espécies de plantas e animais.

Em geral, o Biodome de Montreal é um destino essencial para qualquer pessoa interessada na natureza e na conservação. A sua impressionante coleção de ecossistemas e a diversidade de espécies vegetais e animais fazem dele um destino obrigatório para os visitantes de Montreal.

5. Jardim Botânico de Montreal

montreal explorial 11

O Jardim Botânico de Montreal é o lar de uma variedade de espécies de plantas, incluindo árvores, arbustos, flores e muito mais, bem como uma série de jardins que mostram diferentes estilos de jardinagem e arranjos de plantas.

O Jardim Botânico de Montreal está dividido em vários jardins temáticos, incluindo o Jardim Chinês, o Jardim Japonês e o Jardim das Primeiras Nações. Cada um destes jardins foi concebido para mostrar as plantas e os estilos de jardinagem de uma determinada região ou cultura.

Para além dos seus jardins, o Jardim Botânico de Montreal também apresenta uma série de outras atracções, incluindo uma estufa que alberga uma variedade de plantas tropicais, uma exposição de borboletas e uma série de exposições educativas e interactivas.

O Jardim Botânico de Montreal é um destino popular para entusiastas da natureza e famílias, e é conhecido pelo seu compromisso com a conservação e sustentabilidade. É também o lar de uma série de programas de investigação e educação, que visam promover a compreensão e apreciação do mundo natural.

No geral, o Jardim Botânico de Montreal é um destino bonito e tranquilo que oferece aos visitantes a oportunidade de aprender e experimentar uma variedade de espécies de plantas e estilos de jardinagem. É um destino obrigatório para quem visita Montreal.

montreal explorial 12

6. Promenade des Artistes (Passeio dos Artistas)

A Promenade des Artistes é uma rua localizada no bairro de Old Montreal. É conhecida pela sua atmosfera vibrante e pelo seu foco nas artes, e é um destino popular para turistas e habitantes locais.

A Promenade des Artistes alberga uma série de galerias, estúdios e outras instituições culturais, bem como uma variedade de restaurantes, cafés e bares. É também um destino popular para artistas de rua e outros artistas, que actuam frequentemente na praça ou nos passeios.

Para além das suas galerias e instituições culturais, a Promenade des Artistes também alberga uma série de edifícios e marcos históricos, incluindo a Capela de Notre-Dame-de-Bon-Secours e a Place d’Armes, uma bela praça que alberga várias estátuas e fontes.

No geral, a Promenade des Artistes é um destino animado e vibrante, conhecido pelo seu foco nas artes. É um ótimo local para explorar e descobrir novos artistas, ou simplesmente para relaxar e desfrutar da atmosfera. É um destino obrigatório para quem visita Montreal.

7. Centro de Ciências de Montreal

O Centro de Ciência de Montreal é um museu dedicado à ciência e à tecnologia. É um destino popular para famílias e entusiastas da ciência, e é conhecido pelas suas exposições interactivas e programas educacionais.

O Centro de Ciência de Montreal está dividido em várias áreas de exposição, cada uma das quais dedicada a um aspeto diferente da ciência e da tecnologia. Estas exposições cobrem uma vasta gama de tópicos, incluindo espaço, saúde, ciência ambiental e muito mais.

Para além das suas exposições permanentes, o Centro de Ciência de Montreal também acolhe uma série de exposições temporárias, que se centram em tópicos ou temas específicos. Estas exposições apresentam frequentemente exposições interactivas e actividades práticas que permitem aos visitantes aprender sobre ciência e tecnologia de uma forma divertida e envolvente.

O Centro de Ciência de Montreal também acolhe uma série de programas e eventos educativos, incluindo palestras, workshops e demonstrações. Estes programas foram concebidos para proporcionar aos visitantes uma compreensão mais profunda da ciência e da tecnologia e para inspirar um gosto pela aprendizagem ao longo da vida.

No geral, o Centro de Ciência de Montreal é um ótimo destino para qualquer pessoa interessada em ciência e tecnologia. As suas exposições interactivas e programas educativos fazem dele um destino obrigatório para os visitantes de Montreal.

8. Marché Bonsecours

O Marché Bonsecours é um belo edifício de mercado localizado na Velha Montreal. É conhecido pela sua beleza arquitetónica e pela sua rica história, e é um destino popular para turistas e habitantes locais.

O Marché Bonsecours foi construído em meados do século XIX e foi originalmente utilizado como um mercado para os agricultores e comerciantes venderem os seus produtos. Atualmente, alberga uma série de lojas e restaurantes, bem como uma série de instituições culturais e artísticas.

Uma das principais atracções do Marché Bonsecours é a sua impressionante arquitetura, que apresenta um belo telhado de vidro, colunas ornamentadas e detalhes intrincados. O edifício alberga também uma série de exposições e mostras históricas, que fornecem aos visitantes informações sobre a história do mercado e o seu papel no desenvolvimento da cidade.

Para além das suas lojas e restaurantes, o Marché Bonsecours também alberga uma série de galerias, estúdios e outras instituições culturais, o que o torna um excelente local para descobrir novos artistas e aprender sobre a cena artística de Montreal.

montreal explorial 16

No geral, o Marché Bonsecours é um destino encantador e vibrante que oferece aos visitantes uma mistura única de história, cultura e comércio. É um destino obrigatório para quem visita Montreal.

9. Centro de História de Montreal

O Centro de História de Montreal dedica-se a mostrar a rica história de Montreal e da região circundante, e é um destino popular tanto para os entusiastas da história como para os turistas.

O Centro de História de Montreal é o lar de uma série de exposições permanentes, que cobrem uma ampla gama de tópicos relacionados com a história de Montreal. Estas exposições apresentam uma variedade de artefactos, documentos e exposições multimédia, e fornecem aos visitantes uma visão abrangente da história da cidade desde a sua fundação até aos dias de hoje.

Para além das suas exposições permanentes, o Centro de História de Montreal também acolhe uma série de exposições temporárias, que se centram em períodos ou temas específicos da história da cidade. Estas exposições apresentam frequentemente artefactos e documentos raros e únicos que fornecem uma visão do passado da cidade.

O Centro de História de Montreal também acolhe uma série de programas e eventos educativos, incluindo palestras, workshops e visitas guiadas. Estes programas são concebidos para proporcionar aos visitantes uma compreensão mais profunda da história de Montreal e do seu lugar no mundo.

No geral, o Centro de História de Montreal é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada na história de Montreal e da região circundante. A sua impressionante coleção de artefactos e exposições multimédia fazem dele um destino único e fascinante para os visitantes da cidade.

10. Fórum de Montreal

O Fórum de Montreal é conhecido pela sua rica história e pelo seu papel na vida cultural e desportiva da cidade, sendo um destino popular tanto para os adeptos do desporto como para os entusiastas da história.

O Fórum de Montreal foi construído na década de 1920 e foi originalmente a casa dos Montreal Canadiens, uma equipa profissional de hóquei. Os Canadiens jogaram no Fórum durante mais de 70 anos, e o local era conhecido como uma das arenas de hóquei mais emblemáticas e adoradas do mundo.

Para além do hóquei, o Fórum de Montreal também foi palco de uma variedade de outros eventos desportivos, concertos e outros eventos de entretenimento ao longo dos anos. Recebeu uma série de artistas famosos, incluindo os Rolling Stones, Led Zeppelin e os Who, e acolheu uma variedade de outros eventos, incluindo combates de boxe, combates de luta livre e muito mais.

Atualmente, o Fórum de Montreal é um destino turístico popular e alberga uma série de exposições e mostras que fornecem aos visitantes informações sobre a sua história e o seu papel na vida desportiva e cultural da cidade. Também alberga uma série de lojas e restaurantes e é um destino popular tanto para os adeptos do desporto como para os entusiastas da história.

Em geral, o Fórum de Montreal é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada na história do desporto e do entretenimento. A sua história rica e o seu estatuto icónico fazem dele um destino verdadeiramente único e memorável para os visitantes de Montreal.

11. Bairro do Plateau

O bairro Plateau é uma área vibrante e animada, conhecida pela sua atmosfera boémia, pela sua população diversificada e pela sua próspera cena artística e cultural, e é um destino popular tanto para turistas como para habitantes locais.

O bairro Plateau está localizado num planalto com vista para o centro de Montreal e alberga uma série de edifícios históricos e marcos, incluindo a Igreja Notre-Dame-de-Lorette e o Parque Mont-Royal. É também o lar de uma série de pequenas lojas, cafés e restaurantes independentes, bem como de várias galerias de arte e estúdios.

O bairro Plateau é conhecido pela sua cultura vibrante e diversificada, e é palco de vários festivais e eventos culturais ao longo do ano. É também o lar de uma série de locais de música e espectáculos, que acolhem uma variedade de concertos e espectáculos.

Para além da sua cena artística e cultural, o bairro Plateau também é conhecido pela sua animada vida nocturna, com vários bares e discotecas que ficam abertos até tarde. É um destino popular para os jovens e é conhecido pela sua atmosfera vibrante e enérgica.

No geral, o bairro Plateau é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada em artes, cultura e vida nocturna. O seu ambiente vibrante e a sua população diversificada fazem dele um destino verdadeiramente único e inesquecível.

12. Parque Olímpico de Montreal

montreal explorial 15

O Parque Olímpico de Montreal é um complexo desportivo e de entretenimento multiusos. Abriga uma série de instalações desportivas, incluindo o Estádio Olímpico, o Estádio Saputo e o Biodome de Montreal.

O Estádio Olímpico é a principal atração do Parque Olímpico de Montreal e foi construído para os Jogos Olímpicos de verão de 1976. É um estádio multiusos que alberga a equipa de futebol Montreal Alouettes e a equipa de futebol Montreal Impact. Também é utilizado para uma variedade de outros eventos desportivos e concertos.

O Estádio Saputo é um estádio específico para futebol, onde se encontra a equipa de futebol Montreal Impact. É conhecido pelo seu ambiente intimista e pela sua proximidade da ação no campo.

O Biodome de Montreal é um museu da natureza localizado no Parque Olímpico de Montreal. Abriga uma série de réplicas de diferentes ecossistemas, incluindo a Floresta Tropical, a Floresta Laurentiana de Maple, o Golfo de São Lourenço e o Mundo Polar.

Para além das suas instalações desportivas, o Parque Olímpico de Montreal também alberga uma série de outras atracções, incluindo a Torre de Montreal, que é a torre inclinada mais alta do mundo, e o Insectarium de Montreal, que é um museu dedicado aos insectos e invertebrados.

Em geral, o Parque Olímpico de Montreal é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada em desporto e entretenimento. O seu conjunto diversificado de instalações e atracções fazem dele um destino verdadeiramente único e memorável.

13. Museu de Arqueologia e História de Montreal

O Museu de Arqueologia e História de Montreal (também conhecido como Pointe-à-Callière) dedica-se a mostrar a rica história e arqueologia de Montreal e da região circundante, e é um destino popular tanto para os entusiastas da história como para os turistas.

O Museu de Arqueologia e História de Montreal alberga várias exposições permanentes, que cobrem uma vasta gama de tópicos relacionados com a história e a arqueologia de Montreal e da região circundante. Estas exposições apresentam uma variedade de artefactos, documentos e exposições multimédia, proporcionando aos visitantes uma visão abrangente do passado da cidade.

Uma das principais atracções do Museu de Arqueologia e História de Montreal é a sua galeria de arqueologia, que exibe uma série de artefactos que foram escavados nos locais históricos da cidade. Estes artefactos oferecem aos visitantes uma janela única para o passado da cidade e para o seu desenvolvimento ao longo do tempo.

Para além das suas exposições permanentes, o Museu de Arqueologia e História de Montreal também acolhe uma série de exposições temporárias, que se centram em períodos ou temas específicos da história da cidade. Estas exposições apresentam muitas vezes artefactos e documentos raros e únicos que dão uma ideia do passado da cidade.

O Museu de Arqueologia e História de Montreal também acolhe uma série de programas e eventos educativos, incluindo palestras, workshops e visitas guiadas. Estes programas foram concebidos para proporcionar aos visitantes uma compreensão mais profunda da história de Montreal e do seu lugar no mundo.

14. Maison St-Gabriel

A Maison St-Gabriel é uma casa-museu histórica que se dedica a mostrar a história da cidade e da região circundante, e é um destino popular tanto para os entusiastas da história como para os turistas.

A Maison St-Gabriel foi construída no século XVII e foi originalmente utilizada como uma quinta. Mais tarde, foi transformada em museu e, atualmente, alberga uma série de exposições e mostras que fornecem aos visitantes informações sobre a história da cidade e da região circundante.

Uma das principais atracções da Maison St-Gabriel é a sua coleção de artefactos e documentos, que oferece aos visitantes uma janela única para o passado da cidade. Estes artefactos incluem uma variedade de artigos domésticos, ferramentas e outros objectos que foram utilizados pelos primeiros colonos da cidade.

Para além das suas exposições e mostras, a Maison St-Gabriel também acolhe uma série de programas e eventos educativos, incluindo palestras, workshops e visitas guiadas. Estes programas foram concebidos para proporcionar aos visitantes uma compreensão mais profunda da história da cidade e do seu lugar no mundo.

No geral, a Maison St-Gabriel é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada na história de Montreal e da região circundante. A sua impressionante coleção de artefactos e programas educativos fazem dela um destino único e fascinante para os visitantes da cidade.

15. Canal Lachine

O Canal Lachine, localizado em Montreal, é conhecido pela sua rica história e pelo seu papel no desenvolvimento da cidade, e é um destino popular para turistas e habitantes locais.

O Canal Lachine foi construído no século XIX e foi originalmente usado como uma rota de transporte de mercadorias e materiais. Desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento da economia de Montreal e foi uma importante via de transporte durante muitos anos.

Atualmente, o Canal Lachine é um destino popular para actividades recreativas, incluindo ciclismo, passeios de barco e caminhadas. É o lar de uma série de parques, trilhos e espaços verdes, e é um destino popular para os entusiastas do ar livre.

Para além das suas atracções recreativas, o Canal de Lachine também alberga uma série de locais culturais e históricos, incluindo o Local Histórico Nacional do Canal de Lachine, que se dedica a mostrar a história do canal e o seu papel no desenvolvimento da cidade.

No geral, o Canal Lachine é um destino obrigatório para qualquer pessoa interessada na história e cultura de Montreal. A sua história rica e o seu belo cenário natural fazem dele um destino único e memorável para os visitantes da cidade.


GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE AS MELHORES COISAS PARA FAZER EM MONTREAL? PINTA-O!

Se achaste este artigo interessante, considera partilhá-lo com os teus amigos. Para nós, será muito importante 🙂

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Explore more travel tips