Descobre Marselha: 20 factos divertidos sobre a cidade mais antiga de França

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Índice

Aninhada na costa mediterrânica, Marselha é uma cidade que cativa os visitantes há séculos. Conhecida pelas suas praias deslumbrantes, história rica e cultura vibrante, Marselha é uma das cidades mais excitantes e dinâmicas de França. Desde os antigos gregos até aos artistas e músicos modernos, Marselha tem sido o lar de uma gama diversificada de culturas e influências que moldaram o seu carácter único. Nesta publicação do blogue, vamos dar uma vista de olhos a alguns dos factos divertidos e surpreendentes sobre Marselha, desde as suas origens antigas até às suas atracções modernas. Por isso, quer estejas a planear uma viagem a Marselha ou simplesmente queiras saber mais sobre esta cidade fascinante, junta-te a nós enquanto exploramos a magia de Marselha!

marseille carousel 6

Estás pronto para explorar Marselha? Começa com estes 20 factos fascinantes e divertidos!

Quer estejas a planear uma viagem a Marselha ou simplesmente queiras saber mais sobre esta cidade fascinante, aqui estão alguns factos divertidos que talvez não conheças:

  1. Marselha é uma das cidades mais antigas da Europa, tendo sido fundada pelos gregos por volta de 600 a.C. A cidade chamava-se originalmente Massalia e desempenhou um papel importante no mundo antigo como um importante centro de comércio.
  2. Marselha é famosa pela sua bela linha costeira, que se estende por mais de 57 quilómetros e inclui algumas das praias mais deslumbrantes de França. As Calanques, uma série de falésias e enseadas de calcário, são particularmente populares entre os visitantes.
  3. Marselha também é famosa pela sua arte de rua, que pode ser encontrada por toda a cidade, especialmente no bairro Cours Julien. A cidade tem uma cena artística vibrante e é o lar de numerosas galerias e instituições culturais.
  4. Marselha tem um dialeto único de francês, conhecido como marselhês ou marseillais, que é influenciado pela história da cidade e pela sua população diversificada. O dialeto é famoso pelo seu sotaque e calão característicos.
  5. A cidade tem uma rica tradição musical, sendo particularmente notáveis as suas vibrantes cenas de hip-hop e rap. Marselha é também famosa pela sua música popular, incluindo o género tradicional provençal conhecido como “chanson”.
  6. Marselha alberga numerosas instituições culturais, entre as quais o Museu de História de Marselha, o Museu das Civilizações Europeias e Mediterrânicas e o MuCEM (Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo). A cidade acolhe igualmente numerosos festivais e eventos culturais ao longo do ano, nomeadamente o Festival de Jazz de Marselha e o Festival Internacional de Documentários de Marselha.
  7. Marselha é uma cidade de contrastes, com história antiga e arquitetura moderna. A famosa basílica de Notre-Dame de la Garde, com vista para a cidade, é um dos marcos mais famosos de Marselha. A cidade também alberga maravilhas da arquitetura moderna, como a Torre CMA CGM, um dos edifícios mais altos de França.
  8. Marselha tem uma rica tradição culinária, com pratos como “aïoli”, “pistou” e “bouillabaisse” sendo populares na região. A cidade também é famosa pelo seu pastis, um licor com sabor a anis que é um aperitivo popular em França.
  9. Marselha tem uma forte cultura futebolística e é a casa de um dos clubes de futebol mais bem sucedidos de França, o Olympique de Marseille. A cidade também é conhecida pela sua paixão pelo râguebi e acolhe anualmente o Torneio Orange Velodrome.
  10. Marselha foi cenário de inúmeros filmes, incluindo “A Ligação Francesa” e “O Amor Acontece”. A mistura única de história, cultura e beleza natural da cidade tornou-a um destino popular tanto para cineastas como para turistas.
  11. Marselha é conhecida como a “cidade focaeana” devido às suas origens gregas. A palavra grega “focaean” significa “das focas”, e diz-se que os gregos que fundaram Marselha escolheram o local devido à abundância de focas na zona.
  12. O famoso escritor francês Alexandre Dumas nasceu em Villers-Cotterêts, mas o seu pai era um general que esteve estacionado em Marselha durante algum tempo. Dumas passou a sua infância em Marselha e diz-se que se inspirou na história e na cultura da cidade para escrever.
  13. Marselha alberga o maior porto comercial do mundo, que movimenta mais de 100 milhões de toneladas de carga por ano. O porto é um importante centro de comércio entre a Europa, o Norte de África e o Médio Oriente.
  14. O sabão de Marselha, ou savon de Marseille, é um sabão tradicional que é fabricado na cidade há mais de 600 anos. O sabão é feito de óleo vegetal e diz-se que é particularmente suave e hidratante.
  15. Marselha é também conhecida pelos seus pratos locais únicos, como a “panisse”, um bolinho de grão-de-bico, e as “navettes”, um tipo de pão doce aromatizado com flor de laranjeira.
  16. O Porto Velho de Marselha, ou Vieux-Port, tem sido um centro comercial desde os tempos antigos. Atualmente, é um destino popular para turistas e habitantes locais, com a sua pitoresca zona ribeirinha e um mercado animado.
  17. Em Marselha, encontra-se a icónica basílica de Notre-Dame de la Garde, uma basílica católica com vista para a cidade a partir do seu poleiro numa colina. A basílica é conhecida pelas suas vistas deslumbrantes e pela sua estátua da Virgem Maria, que se diz proteger a cidade.
  18. Marselha tem uma rica história de imigração, com pessoas de todo o mundo a virem para a cidade para começar uma nova vida. Hoje, a cidade é o lar de uma população vibrante e diversificada, com pessoas do Norte de África, da Ásia e de outros países.
  19. O Parque Nacional de Calanques, uma extensão deslumbrante de falésias, enseadas e praias, está localizado nos arredores de Marselha. O parque é um destino popular para caminhantes, alpinistas e banhistas.
  20. Marselha tem uma longa tradição de futebol, com a equipa local, o Olympique de Marseille, a ganhar inúmeros títulos nacionais e internacionais ao longo dos anos. Os adeptos apaixonados da equipa, conhecidos como os “Ultras de Marselha”, são conhecidos pelo seu apoio colorido e ruidoso à equipa.
marseille carousel 4

Sobre a cena cultural de Marselha

Marselha, a segunda maior cidade de França, não é apenas famosa pelas suas belas praias e beleza natural deslumbrante. É também conhecida pela sua próspera cena cultural. Esta cidade tem uma história rica e complexa que criou um caldeirão de diferentes culturas, resultando numa paisagem cultural única e diversificada.

1. Museus e galerias

Em Marselha, há uma grande variedade de museus e galerias para todos os gostos. O principal museu da cidade é o MuCEM (Museu das Civilizações Europeias e Mediterrânicas), que explora a história, a arte e a cultura da região mediterrânica. O museu está instalado num impressionante edifício contemporâneo que contrasta com o antigo Forte Saint-Jean, no qual se situa.

Outros museus e galerias incluem o Musée d’Histoire de Marseille, que relata a história e o património da cidade, e o FRAC (Fundo Regional para a Arte Contemporânea), que acolhe exposições de arte contemporânea de artistas locais e internacionais.

2. Arte de rua

Marselha é conhecida pela sua vibrante cena de arte de rua, com numerosos murais e obras de arte a adornar edifícios e paredes por toda a cidade. O bairro Cours Julien é particularmente famoso pela sua arte de rua, com obras de artistas locais e internacionais. Outras áreas notáveis para a arte de rua incluem o bairro de La Plaine, o distrito de Panier e o Porto Velho.

3. Festivais e eventos

Marselha acolhe uma variedade de eventos culturais e festivais ao longo do ano. O Festival de Jazz de Marselha é um dos eventos mais populares da cidade, reunindo músicos de jazz de todo o mundo. A Fiesta des Suds é um festival de música popular que apresenta uma variedade de géneros musicais, desde o pop à world music. O Festival Internacional de Cinema Documental de Marselha é outro grande evento que apresenta o melhor do cinema documental de todo o mundo.

4. Teatro e espectáculos

O teatro e o espetáculo são também uma parte importante da cena cultural de Marselha. O Théâtre National de Marseille é um local importante para espectáculos de teatro e dança contemporâneos. A Opéra de Marseille, com o seu interior grandioso e o seu palco impressionante, acolhe várias produções operáticas ao longo do ano. O Ballet National de Marseille é outra grande instituição que apresenta espectáculos de dança contemporânea.

5. Comida e bebida

A cozinha de Marselha é um reflexo da sua herança cultural diversificada. A localização da cidade no Mar Mediterrâneo significa que o marisco desempenha um papel importante na cozinha local. O prato mais famoso de Marselha é a bouillabaisse, uma caldeirada de peixe tipicamente feita com uma variedade de peixes, mariscos e ervas aromáticas. Outros pratos populares incluem ratatouille, um guisado de legumes, e panisse, um bolinho de grão-de-bico.

Marselha também é conhecida pelo seu pastis, um licor com sabor a anis que é um dos favoritos dos habitantes locais. A bebida é normalmente servida com água e cubos de gelo, que são adicionados para diluir o forte sabor a anis.

Queres explorar Marselha com um orçamento limitado?

Visitar Marselha com um orçamento limitado é definitivamente possível, pois há muitas formas acessíveis de conhecer a beleza e a cultura da cidade.

Aqui tens algumas dicas para poupares dinheiro enquanto visitas Marselha

  1. Usa os transportes públicos: Marselha tem um sistema de transportes públicos eficiente e acessível, incluindo autocarros, eléctricos e metro. Usar os transportes públicos em vez de táxis ou alugar um carro pode fazer-te poupar muito dinheiro.
  2. Explora a pé: Marselha é uma cidade que é melhor explorada a pé, com muitas das suas atracções e pontos de referência localizados a uma curta distância uns dos outros. Andar a pé pela cidade não só é uma excelente forma de poupar dinheiro, como também te permite conhecer de perto a cultura e a atmosfera da cidade.
  3. Visita as atracções gratuitas: Marselha tem muitas atracções gratuitas, incluindo praias, parques e museus. O MuCEM, por exemplo, oferece entrada gratuita para as suas exposições permanentes no primeiro domingo de cada mês.
  4. Come como um local: Marselha tem muitas opções acessíveis e deliciosas de comida de rua, como panisse, socca e pizza. Comer como um habitante local pode poupar-te dinheiro e dar-te a provar a cozinha única da cidade.
  5. Procura ofertas e descontos: Muitas atracções, restaurantes e lojas de Marselha oferecem descontos e promoções, especialmente durante a época baixa. Não te esqueças de pesquisar e comparar preços para encontrares as melhores ofertas.

Descobre a beleza de Marselha: Três dias de exploração

Marselha, a segunda maior cidade da França, é um destino vibrante e culturalmente rico que oferece aos visitantes uma mistura única de charme do velho mundo e estilo moderno. Desde o seu pitoresco porto e marcos antigos até à sua vibrante arte de rua e museus contemporâneos, Marselha tem algo para oferecer a todos. Apresentamos-te um itinerário de três dias para explorares a beleza de Marselha:

Dia 1: Porto antigo e Le Panier

No teu primeiro dia, começa por explorar o Porto Velho de Marselha, que tem sido o coração da cidade há mais de 2.600 anos. Caminha ao longo do Quai des Belges e aprecia a vista do porto e do icónico Forte Saint-Nicolas. Passa pelo mercado do peixe para veres o peixe do dia e desfruta de um café ou de um lanche num dos cafés da zona.

Do Porto Velho, segue para Le Panier, o bairro mais antigo de Marselha. Este bairro encantador está cheio de ruas estreitas, edifícios coloridos e uma variedade de lojas e restaurantes. Visita a Vieille Charité, uma antiga casa de esmolas que agora alberga um museu e um centro cultural, e dá um passeio pelas ruas estreitas do bairro para veres a arte de rua e os graffitis.

Dia 2: MuCEM e Parque Nacional de Calanques

No teu segundo dia, visita o MuCEM (Museu das Civilizações Europeias e Mediterrânicas), situado à beira-mar entre o Porto Velho e o Forte Saint-Jean. O museu explora a história, a arte e a cultura da região mediterrânica e tem um impressionante edifício contemporâneo que contrasta com o antigo forte.

À tarde, faz uma viagem ao Parque Nacional de Calanques, uma bela reserva natural situada nos arredores de Marselha. O parque é famoso pelas suas deslumbrantes falésias de calcário, águas azul-turquesa e vida selvagem diversificada. Podes caminhar ou fazer um passeio de barco para explorar o parque e apreciar as vistas deslumbrantes sobre o Mar Mediterrâneo.

Dia 3: Notre-Dame de la Garde e Cours Julien

No teu último dia, visita Notre-Dame de la Garde, uma bela basílica situada numa colina com vista para Marselha. A basílica é um símbolo de Marselha e oferece vistas deslumbrantes sobre a cidade e o mar circundante. Dá um passeio à volta da colina para apreciares as vistas e veres os belos mosaicos no exterior da basílica.

À tarde, segue para Cours Julien, um bairro vibrante conhecido pela sua arte de rua, cafés e lojas. Explora as ruas coloridas e pára nos mercados e boutiques para comprares algumas recordações únicas. Desfruta de um café ou de uma bebida num dos cafés da moda da zona e absorve a atmosfera deste bairro criativo e dinâmico.

Dica de bónus: Visita autoguiada a pé

Outra opção económica para explorares Marselha é fazeres um passeio a pé autoguiado e uma caça ao tesouro.

O passeio interativo e envolvente de Marselha é perfeito para todas as idades e é uma forma ideal de explorar a rica história, cultura e tesouros escondidos da cidade. O passeio foi concebido para oferecer uma experiência cheia de diversão enquanto aprendes factos fascinantes sobre Marselha, resolves enigmas e, mais importante, divertes-te! É perfeito para famílias, amigos e viajantes individuais que procuram uma forma única e emocionante de descobrir a cidade.

Ao embarcares no teu passeio, serás arrebatado pela beleza encantadora da cidade. Dá um passeio pelas pitorescas ruas de Marselha e deixa-te transportar no tempo até à época medieval. Descobrirás alguns dos marcos mais emblemáticos da cidade, como a Basílica de Notre-Dame de la Garde, o Vieux-Port e o Palais Longchamp. Estes edifícios históricos são exemplos impressionantes do rico património arquitetónico da cidade e vão certamente deixar-te maravilhado. Por isso, respira fundo e mergulha na beleza e na história desta cidade encantadora.

Mas a visita não é apenas um passeio turístico; enquanto passeias pelas ruas, vais resolver enigmas e responder a perguntas que te levarão a descobrir jóias escondidas. Também aprenderás sobre a história e a cultura de Marselha. A visita é autoguiada, pelo que podes começar e terminar ao teu próprio ritmo, fazer as pausas que quiseres e desfrutar das muitas delícias da cidade. O passeio foi concebido para ser concluído em cerca de 2 horas, mas podes demorar o tempo que quiseres a terminá-lo. Por isso, pega nos teus sapatos de caminhada e prepara-te para uma aventura única e emocionante pelo coração de Marselha!

Em conclusão, Marselha é uma cidade de contrastes e surpresas, com uma história rica, uma cultura diversificada e uma beleza natural deslumbrante. Quer estejas interessado em explorar a história antiga, em saborear delícias culinárias ou simplesmente em aproveitar o sol do Mediterrâneo, Marselha tem algo para todos.


GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE OS FACTOS DE MARSELHA? COLOCA-O NO PIN!

Se achaste este artigo sobre os factos de Marselha interessante, considera partilhá-lo com os teus amigos. É muito importante para nós 🙂

Explorar mais dicas de viagem