Descobre as jóias escondidas de Estrasburgo (Guia de Viagem 2023)

Estrasburgo, a capital da região de Grand Est, no nordeste de França, é uma cidade que se orgulha de um rico património cultural e de uma história que se estende por séculos. Sendo a segunda maior cidade de França, Estrasburgo tem sido um importante centro de comércio, bem como um pólo de educação e inovação. A localização única da cidade, na fronteira entre a França e a Alemanha, contribuiu para o seu carácter diversificado e cosmopolita, tornando-a um verdadeiro caldeirão de culturas.

Apesar da sua proeminência e popularidade como destino turístico, Estrasburgo ainda tem uma série de jóias escondidas à espera de serem descobertas por viajantes aventureiros. Desde os bairros pitorescos e os canais pitorescos até à arquitetura deslumbrante e à deliciosa gastronomia local, esta cidade tem muito para oferecer a quem estiver disposto a explorar para além das típicas atracções turísticas.

Nesta publicação do blogue, vamos analisar mais de perto alguns dos segredos mais bem guardados de Estrasburgo e destacar as jóias escondidas que fazem desta cidade um destino tão especial e que vale a pena.

Aqui tens algumas das melhores jóias escondidas de Estrasburgo:

  1. Petite France: Este bairro encantador no coração de Estrasburgo é uma zona pitoresca de ruas sinuosas, canais e casas em enxaimel. É um ótimo local para explorar a pé, com muitos cafés, restaurantes e lojas para descobrir ao longo do caminho.
  2. Barragem de Vauban: Esta barragem histórica foi construída no século XVII e oferece vistas deslumbrantes do horizonte de Estrasburgo e do rio Ill. É um ótimo local para um piquenique ou um passeio, especialmente num dia de sol.
  3. Praça do Marché-aux-Cochons-de-Lait: Esta praça, situada no coração do bairro histórico de Estrasburgo, alberga um dos mercados mais antigos da cidade, que vende produtos frescos, flores e iguarias locais. É um ótimo lugar para experimentar a agitação da vida quotidiana em Estrasburgo.
  4. Museu Tomi Ungerer: Este museu, dedicado ao trabalho do célebre artista e ilustrador Tomi Ungerer, é uma joia escondida que vale a pena procurar. A coleção do museu inclui mais de 8.000 desenhos, pinturas e esculturas, bem como uma seleção de livros e cartazes raros de Ungerer.
  5. Jardin des Deux Rives: Este belo parque, situado na fronteira entre a França e a Alemanha, é um oásis de paz onde os visitantes podem desfrutar de vistas deslumbrantes sobre o rio Reno e a linha do horizonte de Estrasburgo. É um ótimo lugar para dar um passeio a pé ou de bicicleta, especialmente durante os meses mais quentes.

Fica a conhecer Estrasburgo

Estrasburgo é uma cidade situada no nordeste de França, perto da fronteira com a Alemanha. É a capital da região de Grand Est e tem uma história rica que remonta a mais de 2.000 anos. A cidade foi fundada pelos romanos em 12 a.C. e desde então tem sido um centro de comércio, comércio e educação. Estrasburgo tem uma mistura única de culturas, com influências da França e da Alemanha, que se reflecte na sua arquitetura, cozinha e tradições diversas. A cidade é famosa pela sua impressionante catedral gótica, que é uma das mais altas da Europa, bem como pelas suas encantadoras casas em enxaimel e canais sinuosos. Estrasburgo é também o lar de uma cena artística vibrante, com numerosos museus e galerias que exibem tudo, desde arte contemporânea a artefactos antigos. Para os amantes da vida ao ar livre, Estrasburgo tem muito para oferecer, incluindo o belo Parc de l’Orangerie e as rotas de ciclismo ao longo do rio Reno. Quer te interesses por história, cultura ou actividades ao ar livre, Estrasburgo é uma cidade que vale bem a pena explorar.

Apresentamos-te as jóias escondidas…

1. A Pequena França

1 2

Petite France é um bairro histórico localizado no coração de Estrasburgo, França. Situa-se na Grande Île, que é o centro histórico da cidade de Estrasburgo e está rodeado pelo rio Ill. Petite France é uma zona encantadora e pitoresca, conhecida pela sua arquitetura tradicional da Alsácia, ruas sinuosas e casas em enxaimel.

O nome do bairro deve-se ao hospital que aqui existiu, que tratava os soldados com a “doença francesa” (sífilis) durante o século XV. Hoje, a Petite France é um destino turístico popular e uma atração obrigatória para quem visita Estrasburgo.

Um dos pontos altos da Petite France são os seus belos canais, ladeados por edifícios coloridos e atravessados por várias pontes pitorescas. A área também alberga uma série de pequenos cafés, restaurantes e boutiques, o que a torna um ótimo local para explorar a pé.

Para além da sua atmosfera encantadora, Petite France é também o lar de vários marcos históricos, incluindo a Maison des Tanneurs (Casa dos Curtidores) do século XVII e as Ponts Couverts (Pontes Cobertas), que remontam ao século XIII. Os visitantes da Petite France também podem desfrutar de vistas deslumbrantes sobre a Catedral de Estrasburgo, que está localizada a uma curta distância a pé.

No geral, Petite France é um bairro bonito e romântico que vale bem a pena visitar para quem viaja para Estrasburgo.

Porque é que vale a pena visitar

Aqui estão as razões pelas quais vale a pena visitar a Petite France em Estrasburgo:

  • Bairro bonito e pitoresco com arquitetura tradicional da Alsácia, ruas sinuosas e casas em enxaimel
  • Vistas deslumbrantes e oportunidades para tirar fotografias dos canais e pontes da zona
  • Rico em história e cultura, com marcos históricos como a Maison des Tanneurs e Ponts Couverts que oferecem um vislumbre do passado de Estrasburgo
  • Localizado no coração da Grande Île, Património Mundial da UNESCO e um dos centros urbanos medievais mais bem preservados da Europa
  • Excelente local para relaxar e descontrair, com vários pequenos cafés e restaurantes onde os visitantes podem desfrutar de uma chávena de café ou de uma refeição enquanto apreciam as vistas e os sons do bairro
  • Zona pedonal, o que facilita a sua exploração a pé.

2. Barragem Vauban

2 2

A Barragem de Vauban, também conhecida como Barragem de Vauban, é uma barragem histórica situada em Estrasburgo, França. Foi construída no século XVII pelo famoso engenheiro militar francês, Vauban, e é um dos exemplos mais impressionantes da arquitetura militar na Europa.

A barragem foi originalmente construída para ajudar a defender Estrasburgo de ataques inimigos, controlando o fluxo de água do rio Ill. Atualmente, serve de ponte, barragem e plataforma de observação que oferece vistas deslumbrantes sobre a cidade e a área circundante.

A Barragem de Vauban é uma estrutura única e impressionante que combina características práticas e estéticas. A barragem tem a forma de um grande arco e está decorada com esculturas e estátuas intrincadas. Os visitantes podem atravessar o topo da barragem e desfrutar de vistas panorâmicas sobre a cidade e o rio Ill.

Uma das características mais singulares da Barragem de Vauban é o seu terraço, situado no telhado da barragem. O terraço oferece uma vista deslumbrante da cidade velha de Estrasburgo, da Catedral e dos Ponts Couverts. É um local muito procurado por turistas e habitantes locais para tirar fotografias e apreciar a vista.

Para além da sua arquitetura deslumbrante e das belas vistas, a Barragem Vauban alberga também um museu dedicado à história das obras hidráulicas de Estrasburgo. O museu inclui exposições sobre os sistemas hidráulicos da cidade, moinhos de água e barragens, proporcionando aos visitantes um olhar aprofundado sobre a engenharia e a tecnologia que fizeram de Estrasburgo uma grande cidade europeia.

Porque é que vale a pena visitar

Vale a pena visitar a Barragem Vauban por várias razões:

  1. Estrutura única e impressionante: A barragem é uma estrutura bela e impressionante que combina engenharia prática com arquitetura e design complexos. É um exemplo único de arquitetura militar e um testemunho da habilidade e criatividade do seu construtor, Vauban.
  2. Vistas deslumbrantes: O terraço no telhado da barragem oferece vistas panorâmicas da cidade e da área circundante. É um dos melhores locais de Estrasburgo para apreciar as vistas e tirar belas fotografias.
  3. Importância histórica: A Barragem de Vauban desempenhou um papel importante na defesa de Estrasburgo durante a sua história inicial. Visitar a barragem é uma oportunidade para aprenderes mais sobre o passado da cidade e a sua história militar e de engenharia.
  4. Museu e exposições: O museu no interior da Barragem Vauban oferece um olhar aprofundado sobre os sistemas hidráulicos, moinhos de água e barragens da cidade. Os visitantes podem aprender sobre a tecnologia e a engenharia que ajudaram a fazer de Estrasburgo uma grande cidade europeia.
  5. Zona pedonal: A Barragem Vauban está situada no coração do bairro histórico de Estrasburgo, uma zona pedonal com muitos cafés, restaurantes e lojas. É um ótimo local para explorar a pé e apreciar as vistas e os sons da cidade.

3. Praça do Marché-aux-Cochons-de-Lait

3 1

A Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait é uma praça histórica situada no coração da cidade velha de Estrasburgo. O nome da praça significa “Praça do Mercado dos Leitões” em inglês, e tem uma história fascinante que remonta ao século XV.

Na Idade Média, a praça era o lar de um mercado onde os agricultores traziam os seus leitões para serem vendidos. A praça era um importante centro de comércio de produtos de porco, que eram um elemento básico da cozinha local. Hoje em dia, a praça é uma atração turística popular e um movimentado centro de atividade.

A caraterística mais proeminente da Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait é a sua bela fonte, que foi construída em 1898. A fonte está adornada com estátuas de animais e pessoas, incluindo um porco, um galo e um rapaz a segurar um ganso. É um local popular para os visitantes tirarem fotografias e admirarem os pormenores intrincados das esculturas.

A praça está rodeada de belos edifícios, incluindo várias casas em enxaimel que datam dos séculos XVI e XVII. Os edifícios estão adornados com portadas coloridas e floreiras, o que aumenta o encanto da praça.

Atualmente, a Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait é um movimentado centro de cafés, restaurantes e lojas. É um local popular entre os habitantes locais e os turistas para relaxar e desfrutar de uma refeição ou de uma bebida. A praça é particularmente animada durante a época natalícia, quando se transforma num mercado festivo com bancas que vendem artesanato, comida e bebidas.

Porque é que vale a pena visitá-la?

Vale a pena visitar a Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait por várias razões:

  1. História rica: A praça tem uma história fascinante que remonta à Idade Média, quando era um importante centro de comércio de produtos de carne de porco. Visitar a praça é uma oportunidade para aprenderes mais sobre a gastronomia local e o passado da cidade.
  2. Uma bela fonte: A fonte no centro da praça é uma bela obra de arte, adornada com esculturas intrincadas de animais e pessoas. É um local popular para tirar fotografias e admirar a arquitetura.
  3. Edifícios coloridos: Os edifícios que rodeiam a praça são belos exemplos de arquitetura em enxaimel, adornados com portadas coloridas e floreiras. Contribuem para o encanto e o carácter da praça.
  4. Ambiente animado: A praça é um centro movimentado de cafés, restaurantes e lojas, o que a torna um ótimo local para relaxar e desfrutar de uma refeição ou de uma bebida. É particularmente animada durante a época natalícia, quando se transforma num mercado festivo.
  5. Localização central: A Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait está situada no coração da cidade velha de Estrasburgo, o que a torna um destino cómodo e fácil de encontrar para os visitantes. Fica a uma curta distância a pé de muitas outras atracções populares, o que a torna um excelente ponto de partida para explorar a cidade.

4. O Museu Tomi Ungerer

O Musée Tomi Ungerer é um museu dedicado ao trabalho do artista e ilustrador Tomi Ungerer. O museu está instalado numa bela mansão do século XVIII, no coração da histórica cidade velha de Estrasburgo.

Tomi Ungerer foi um artista e ilustrador prolífico que criou obras numa variedade de meios, incluindo livros infantis, cartoons políticos e arte erótica. O seu trabalho é conhecido pela sua irreverência, humor e comentário social, e foi amplamente celebrado em toda a Europa e não só.

O Museu Tomi Ungerer contém mais de 11.000 obras de Ungerer, incluindo desenhos originais, pinturas, esculturas e cartazes. As exposições do museu estão divididas em três secções: a secção “Picture Book”, que mostra o trabalho de Ungerer para crianças; a secção “Societal”, que apresenta as suas ilustrações políticas e satíricas; e a secção “Erotica”, que mostra a arte erótica de Ungerer.

Os visitantes do museu podem também explorar uma variedade de exposições interactivas e exposições multimédia que fornecem informações sobre a vida e o trabalho de Ungerer. O museu também acolhe exposições temporárias e eventos ao longo do ano, o que o torna um destino animado e interessante para visitantes de todas as idades.

O Museu Tomi Ungerer é um destino de visita obrigatória para todos os interessados na arte e na cultura de Estrasburgo. Oferece um olhar fascinante sobre a obra de um dos artistas mais célebres da cidade e oferece uma perspetiva única sobre as questões sociais e culturais do seu tempo.

Porque é que vale a pena visitar?

Vale a pena visitar o Museu Tomi Ungerer por várias razões:

  1. Coleção única: O museu é dedicado à obra de Tomi Ungerer, um artista e ilustrador que criou uma vasta gama de trabalhos em diferentes meios, incluindo livros infantis, desenhos animados políticos e arte erótica. A coleção do museu, com mais de 11.000 obras, oferece uma visão única e abrangente da vida e da carreira de Ungerer.
  2. Localização privilegiada: O museu está instalado numa mansão histórica do século XVIII, no coração da cidade velha de Estrasburgo, proporcionando um ambiente bonito e atmosférico para os visitantes explorarem.
  3. Exposições interactivas: As exposições do museu são interessantes e interactivas, permitindo aos visitantes conhecer a vida e a obra de Ungerer de uma forma divertida e informativa.
  4. Exposições temporárias: Para além da sua coleção permanente, o museu acolhe uma variedade de exposições temporárias e eventos ao longo do ano, garantindo que há sempre algo novo e excitante para descobrir.
  5. Importância cultural: Tomi Ungerer foi um artista prolífico e influente que teve um impacto significativo na arte e na cultura de Estrasburgo e não só. Visitar o Museu Tomi Ungerer é uma oportunidade para aprender mais sobre a sua vida e obra, bem como sobre as questões sociais e culturais do seu tempo.

5. O Jardim dos Dois Rives

5 3

O Jardin des Deux Rives, também conhecido como Jardim das Duas Margens, é um parque público situado na fronteira entre a França e a Alemanha, em Estrasburgo e Kehl. O parque cobre uma área de 60 hectares e está situado nas margens do rio Reno, oferecendo belas vistas sobre a água e a paisagem circundante.

O Jardin des Deux Rives foi criado em 2004 como parte de um esforço maior para promover a cooperação e o intercâmbio cultural entre a França e a Alemanha. O parque apresenta uma variedade de áreas naturais e paisagísticas, incluindo jardins, florestas, prados e zonas húmidas, bem como uma série de instalações recreativas, tais como parques infantis, campos desportivos e percursos pedestres e de bicicleta.

Um dos destaques do Jardin des Deux Rives é a Passerelle Mimram, uma ponte para peões e ciclistas que atravessa o Reno e liga Estrasburgo a Kehl. A ponte tem o nome do seu arquiteto, Marc Mimram, e oferece uma perspetiva única e deslumbrante sobre o rio e a paisagem circundante.

Outra caraterística popular do parque é o Jardim das Rosas, que contém mais de 1.300 roseiras de mais de 500 variedades diferentes. Os visitantes também podem explorar o Arboreto, que exibe uma variedade de espécies de árvores de todo o mundo, e o Etang du Rohrschollen, uma zona húmida que proporciona um habitat para uma variedade de vida selvagem.

Porque é que vale a pena visitar?

Vale a pena visitar o Jardin des Deux Rives por várias razões:

  1. A sua beleza natural: O parque está situado nas margens do rio Reno e oferece vistas deslumbrantes sobre a paisagem circundante. Os visitantes podem desfrutar de uma fuga tranquila e relaxante da cidade e mergulhar na beleza da natureza.
  2. Actividades recreativas: O Jardin des Deux Rives oferece uma variedade de instalações recreativas, incluindo parques infantis, campos desportivos e percursos pedestres e de bicicleta. Os visitantes podem praticar actividades físicas, explorar o parque e desfrutar do ar livre.
  3. Intercâmbio cultural: O parque é um símbolo da cooperação e do intercâmbio cultural entre a França e a Alemanha. Os visitantes podem aprender sobre a história e a cultura comuns dos dois países e experimentar a beleza da cooperação transfronteiriça.
  4. Características únicas: O Jardin des Deux Rives apresenta uma série de atracções únicas e interessantes, como a ponte Passerelle Mimram, o Jardim das Rosas e o Arboreto. Os visitantes podem explorar estes elementos e descobrir algo novo e excitante.
  5. Retiro tranquilo: O Jardin des Deux Rives proporciona um retiro pacífico e tranquilo da cidade, oferecendo aos visitantes a oportunidade de relaxar e recarregar energias num belo cenário natural.

Em conclusão, Estrasburgo é uma cidade que oferece uma mistura única de história, cultura e beleza natural, e está cheia de jóias escondidas à espera de serem exploradas. Quer estejas interessado em visitar marcos históricos, explorar bairros encantadores ou experimentar a vibrante cena cultural da cidade, há algo para todos em Estrasburgo.

Desde as pitorescas ruas e canais de Petite France até às deslumbrantes vistas da Barragem Vauban, desde a encantadora Place du Marché-aux-Cochons-de-Lait até ao fascinante Musée Tomi Ungerer, Estrasburgo é uma cidade que tem algo de especial para oferecer. E, com o seu belo parque e a sua cooperação transfronteiriça única, o Jardin des Deux Rives é um destino obrigatório tanto para os amantes da natureza como para os entusiastas da cultura.

Por isso, se estás a planear uma viagem a Estrasburgo, não te esqueças de acrescentar estas jóias escondidas ao teu itinerário. Não te vais arrepender! Quer sejas um visitante de primeira viagem ou um viajante experiente, vais certamente descobrir algo novo e excitante nesta bela cidade.


GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE ESTAS JÓIAS ESCONDIDAS EM ESTRASBURGO? COLOCA-O NO PIN!

Se achaste interessante este artigo sobre estas jóias escondidas em Estrasburgo, considera partilhá-lo com os teus amigos. É muito importante para nós 🙂

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Explore more travel tips