As 10 melhores coisas para fazer em Vancouver, Canadá (ULTIMATE 2023 Travel Guide)

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Índice

Vancouver é uma cidade com uma gama diversificada de actividades e atracções para todos os gostos. Desde maravilhas naturais a pontos de interesse cultural, há algo para todos nesta bela cidade costeira. Quer sejas um residente local ou um visitante, esta cidade tem muito para oferecer.

Nesta publicação do blogue, vamos destacar as 10 melhores coisas para fazer em Vancouver. Desde aventuras ao ar livre a experiências culturais, estes são os pontos turísticos e actividades imperdíveis que tornarão a tua viagem a Vancouver inesquecível. Por isso, quer sejas um amante da natureza, um aficionado por história, ou apenas à procura de um dia divertido, continua a ler para descobrires o melhor que Vancouver tem para oferecer.

10 melhores coisas para fazer em Vancouver

  1. Visita o Stanley Park, um dos maiores parques urbanos da América do Norte.
  2. Faz um passeio pelo histórico bairro de Gastown.
  3. Explora o Capilano Suspension Bridge Park.
  4. Visita o Museu de Antropologia da Universidade de British Columbia.
  5. Esquiar ou fazer snowboard na Grouse Mountain.
  6. Visita o aquário no Centro Aquático de Vancouver.
  7. Faz uma viagem de um dia a Victoria, na Ilha de Vancouver.
  8. Explora as exposições ao ar livre no VanDusen Botanical Garden.
  9. Visita o museu Science World.
  10. Apanhaum ferry para Granville Island para ver o Mercado Público e lojas únicas.

1. Visita o Stanley Park

Stanley Park 3

O Stanley Park é um parque público que faz fronteira com o centro da cidade de Vancouver. É um dos maiores parques urbanos da América do Norte, com 1.001 acres. O parque possui áreas florestais, praias, lagos e várias atrações culturais, como o Aquário de Vancouver, o Stanley Park Pavilion e o Malkin Bowl.

Uma das atracções mais populares do parque é o Seawall, um caminho de 8,8 quilómetros que circunda o parque e oferece vistas deslumbrantes sobre o oceano, as montanhas e o horizonte da cidade. O Seawall é popular entre corredores, ciclistas e patinadores. Os visitantes também podem alugar bicicletas, Segways e scooters eléctricas para explorar o parque.

Stanley Park 2

O parque também alberga vários jardins bonitos, incluindo o Rose Garden, o Stanley Park Garden e o Heather Garden. Os visitantes também podem fazer visitas guiadas ao parque para aprender sobre a história e a ecologia da área.

Um dos marcos mais emblemáticos do parque é o Nine O’Clock Gun, um canhão de sinalização horário que é disparado todas as noites às 21 horas. O canhão dispara desde 1894 e é uma atração popular tanto para os visitantes como para os habitantes locais.

O Stanley Park também alberga várias atracções culturais, como o Aquário de Vancouver, que é um dos maiores aquários do Canadá e apresenta uma grande variedade de vida marinha de todo o mundo. O parque também tem o Stanley Park Pavilion, que acolhe concertos, casamentos e eventos especiais, e o Malkin Bowl, um teatro ao ar livre que acolhe uma variedade de espectáculos durante o verão.

2. Bairro histórico de Gastown

Gastown é o bairro histórico no coração de Vancouver e é conhecido por sua arquitetura vitoriana, ruas de paralelepípedos e pelo relógio movido a vapor, que é uma atração turística popular. O bairro é também o lar de uma variedade de restaurantes, bares e lojas, tornando-o um destino popular para os visitantes e moradores locais.

O nome do bairro vem de “Gassy” Jack Deighton, um marinheiro de Yorkshire, capitão de barco a vapor e barman que chegou em 1867 para abrir o primeiro saloon da área. Gastown foi o primeiro núcleo central da cidade de Vancouver e é um dos bairros mais antigos da cidade.

Gastown é também o lar de vários edifícios históricos, incluindo o Dominion Building, que já foi o edifício mais alto do Império Britânico, e a Sun Tower, que já foi a sede do jornal Vancouver World. Os visitantes também podem fazer um passeio pelo bairro para aprender sobre a sua história e arquitetura.

Gastown também é conhecido por suas boutiques de moda e design, lojas independentes e galerias de arte, que oferecem uma experiência única de compras para os visitantes. O bairro também abriga uma variedade de restaurantes, bares e cafés, muitos dos quais estão alojados em edifícios históricos. Os visitantes também podem encontrar uma variedade de artistas de rua e músicos na área, contribuindo para a atmosfera vibrante do bairro.

Bónus: Como explorar Gastown

A melhor maneira de explorar Gastown é com uma caça ao tesouro autoguiada / passeio a pé. Aprende factos fascinantes sobre a zona, resolve enigmas e, acima de tudo, diverte-te imenso!

3. Parque da ponte suspensa de Capilano

O Capilano Suspension Bridge Park é uma atração turística popular localizada em North Vancouver. O parque tem a Ponte Suspensa de Capilano, uma ponte de 137 metros de comprimento e 70 metros de altura que atravessa o rio Capilano. A ponte é uma das atracções mais populares do parque e proporciona aos visitantes uma experiência única e emocionante ao atravessarem a ponte, suspensos acima do rio.

Capilano Suspension Bridge

O parque também apresenta várias outras atracções, incluindo a Treetops Adventure, uma série de sete pontes suspensas que estão suspensas no alto das árvores e proporcionam aos visitantes uma vista aérea da floresta, e a Cliffwalk, uma série de passadiços em consola que estão suspensos no alto do rio Capilano.

O parque também tem várias outras actividades e atracções, tais como passeios guiados pela natureza, um parque infantil e uma loja de recordações. Os visitantes também podem fazer um passeio pelo parque para aprender sobre a história e a ecologia da área, incluindo a história da ponte, a flora e a fauna da área e a cultura local das Primeiras Nações.

O Capilano Suspension Bridge Park está aberto durante todo o ano, proporcionando aos visitantes a oportunidade de apreciar a beleza do parque em qualquer altura do ano. É um ótimo local para visitar para os amantes da natureza, para os que procuram emoções e para as famílias com crianças. É também um ótimo local para apreciar as vistas da cidade e das montanhas circundantes.

4. Museu de Antropologia

Museum of Anthropology

O Museu de Antropologia da Universidade da Colúmbia Britânica (MOA) é um dos museus mais conceituados do Canadá, conhecido pela sua coleção de obras das Primeiras Nações da Costa Noroeste do Pacífico. O museu está localizado no campus da universidade em Vancouver e dedica-se ao estudo e compreensão das artes e culturas mundiais, com destaque para os povos indígenas das Américas, África e Ásia.

A coleção de arte das Primeiras Nações do MOA é uma das mais extensas do mundo e inclui uma vasta gama de artigos, tais como totens, máscaras, têxteis, cerâmicas e jóias. O museu tem também uma coleção de arte contemporânea das Primeiras Nações, que apresenta o trabalho de artistas indígenas emergentes e consagrados.

O edifício do museu, concebido pelo famoso arquiteto canadiano Arthur Erickson, é também uma obra de arte em si mesmo, com um dramático Great Hall que serve de peça central do museu. O Grande Salão alberga várias esculturas e totens das Primeiras Nações em grande escala, que estão expostos num ambiente natural que imita uma aldeia da costa noroeste do Pacífico.

O museu também apresenta exposições temporárias e eventos especiais ao longo do ano, como conversas com artistas, workshops e palestras, que dão aos visitantes a oportunidade de aprender sobre a arte, a cultura e a história do povo das Primeiras Nações e de outras culturas de todo o mundo.

O MOA proporciona uma experiência única e enriquecedora aos visitantes, mostrando o património cultural e a arte dos povos indígenas e proporcionando também uma oportunidade de aprender sobre as culturas de outras regiões e civilizações. É um ótimo local para os amantes da arte, da história e para qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre as culturas do mundo.

5. Montanha Grouse

Grouse Mountain1

Grouse Mountain é um destino popular de esqui e snowboard localizado em North Vancouver. A montanha oferece uma vasta gama de terrenos de esqui e snowboard para todos os níveis de aptidão, desde principiantes a especialistas. A Grouse Mountain tem 26 pistas de esqui, servidas por quatro telecadeiras, e uma queda vertical de 853 metros (2.800 pés). Oferece também um parque de terreno com trilhos e outras características para os freestylers.

Para além do esqui e do snowboard, a Grouse Mountain também oferece uma variedade de outras actividades de inverno, como raquetes de neve, patinagem no gelo e um passeio de trenó. A montanha também tem várias opções de restauração e compras, incluindo um chalé no topo da montanha, uma cafetaria e várias lojas de retalho.

A Grouse Mountain também tem um Skyride, um elétrico aéreo que leva os visitantes ao topo da montanha, proporcionando-lhes vistas deslumbrantes sobre a cidade e as montanhas circundantes. O Skyride funciona durante todo o ano, proporcionando aos visitantes a oportunidade de apreciar a beleza natural da montanha em qualquer altura do ano.

Grouse Mountain2

A Grouse Mountain é um excelente local para os entusiastas dos desportos de inverno e para os amantes da natureza, pois oferece uma vasta gama de actividades e atracções que agradam a visitantes de todas as idades e interesses. Quer sejas um esquiador ou praticante de snowboard, ou apenas procures um dia divertido, a Montanha Grouse tem algo para oferecer.

6. Centro Aquático de Vancouver

Vancouver Aquarium3

O Aquário de Vancouver é um aquário público localizado no Stanley Park, em Vancouver. O aquário é um dos maiores do Canadá e apresenta uma grande variedade de vida marinha de todo o mundo. A coleção do aquário inclui espécies como baleias beluga, golfinhos, lontras marinhas, peixes e aves, entre outros. O foco do aquário é a vida marinha do Noroeste do Pacífico, mas também tem exposições tropicais e de água doce.

O aquário também oferece uma variedade de programas educativos e visitas guiadas aos visitantes, incluindo visitas aos bastidores, encontros com animais e workshops interactivos. Estes programas dão aos visitantes a oportunidade de aprender sobre os animais e os seus habitats, bem como sobre os esforços de conservação que estão a ser feitos para os proteger.

O Aquário de Vancouver também tem uma série de exposições e eventos especiais ao longo do ano, como a exposição Jelly Invasion, que apresenta uma variedade de espécies de medusas, e o programa Ocean Wise Seafood, que promove escolhas sustentáveis de frutos do mar.

O aquário também tem uma loja de recordações e um café, proporcionando aos visitantes a oportunidade de comprar lembranças ou comer qualquer coisa.

O Aquário de Vancouver é um ótimo local para visitar para famílias, entusiastas da vida marinha e qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre os animais e os seus habitats. É uma excelente oportunidade para aprenderes sobre a conservação dos oceanos e a importância de cuidar dos nossos oceanos e dos seus habitantes.

7. Faz uma viagem de um dia a Victoria

victoria carousel 3 5

Victoria é a capital da Colúmbia Britânica, Canadá, e está localizada na ponta sul da Ilha de Vancouver. É um destino popular para uma viagem de um dia a partir de Vancouver, uma vez que é facilmente acessível por ferry. A cidade é conhecida pela sua pitoresca arquitetura vitoriana, belos jardins e locais históricos.

8. Jardim Botânico VanDusen

O jardim apresenta uma grande variedade de plantas e flores de todo o mundo, incluindo uma coleção de mais de 7.500 espécies e variedades de plantas. O jardim também apresenta várias exposições ao ar livre, como o labirinto de sebes elizabetano, o jardim de Shakespeare e o jardim de rosas.

Uma das principais atracções do jardim é o Elizabethan Hedge Maze, que é o único do seu género na América do Norte. O labirinto é composto por sebes de teixo e baseia-se no desenho do labirinto do Palácio de Hampton Court, em Inglaterra. Os visitantes podem dar um passeio pelo labirinto e tentar encontrar o caminho para o centro.

O Jardim Shakespeare é outra atração popular e é dedicado às plantas e flores mencionadas nas obras de Shakespeare. O jardim apresenta uma variedade de plantas, como lavanda, alecrim e margaridas, que são mencionadas nas suas peças e sonetos.

O Jardim das Rosas também é imperdível, com mais de 3.500 roseiras, representando mais de 800 variedades, e é um ótimo local para visitar durante o verão, quando as rosas estão em plena floração.

O jardim também tem vários percursos pedestres que levam os visitantes através de diferentes secções do jardim, dando-lhes a oportunidade de explorar as diferentes plantas e flores. O jardim também tem uma loja de recordações e um café, dando aos visitantes a oportunidade de comprar lembranças ou comer qualquer coisa.

9. Mundo da Ciência

Science World

O Science World é um centro e museu de ciência que apresenta uma vasta gama de exposições interactivas e mostras que se centram na educação em ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM). O Science World é um ótimo local de visita para famílias, estudantes e qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre ciência e tecnologia.

O museu tem várias exposições permanentes, como “Our World”, que apresenta as mais recentes descobertas científicas e tecnológicas, “The Science of Hockey”, que explica a física e a ciência por detrás do desporto, e “The Human Body”, que permite aos visitantes explorar o funcionamento interno do corpo humano.

O Science World também tem uma variedade de exposições temporárias que rodam ao longo do ano. Estas exposições podem incluir temas como a robótica, a realidade virtual e outras tecnologias de ponta, bem como fenómenos naturais.

O Science World também oferece uma variedade de programas educativos e workshops para visitantes de todas as idades, tais como demonstrações científicas, actividades práticas e aulas. O museu também tem um teatro de ciência onde os visitantes podem assistir a espectáculos e apresentações ao vivo sobre uma variedade de tópicos relacionados com a ciência.

O museu também tem uma loja de recordações e um café, proporcionando aos visitantes a oportunidade de comprar lembranças ou comer qualquer coisa.

O Science World é um ótimo local de visita para famílias, estudantes e qualquer pessoa interessada em aprender mais sobre ciência e tecnologia. É uma forma interactiva e envolvente de aprender sobre o mundo que nos rodeia, e é também uma excelente oportunidade para inspirar as crianças a seguirem carreiras nas áreas STEM.

10. Apanha um ferry para Granville Island

Granville Island1

Granville Island é um bairro vibrante localizado no coração de Vancouver que pode ser facilmente alcançado de ferry a partir da cidade. Este destino único é conhecido pela sua atmosfera animada, mistura eclética de lojas e o famoso Mercado Público de Granville Island, que é uma das principais atracções da ilha.

O Mercado Público é uma festa para os sentidos, com uma grande variedade de vendedores que vendem produtos frescos, carne, marisco, produtos de pastelaria e muito mais. Os visitantes podem fazer uma viagem culinária, provando tudo, desde frutas e legumes locais, a queijos artesanais e produtos de pastelaria. O mercado também tem uma série de barracas de comida e restaurantes, onde os visitantes podem saborear uma variedade de pratos locais e até mesmo ter aulas de culinária para aprender a fazer os pratos eles mesmos.

Granville Island é também o paraíso das compras, com uma variedade de lojas únicas que oferecem uma gama diversificada de produtos, desde artesanato e joalharia a vestuário e decoração de interiores. Os visitantes podem descobrir tudo, desde cerâmica artesanal e artigos de vidro, a vestuário e acessórios feitos localmente.

Mas a ilha não é só compras e comida, é também uma próspera comunidade artística, com vários estúdios de arte e galerias onde os visitantes podem ver o trabalho de artistas e artesãos locais. A ilha é também o lar de vários espaços para espectáculos, incluindo o Arts Club Theatre, que acolhe uma variedade de peças e espectáculos ao longo do ano, mergulhando os visitantes na cultura local.


As 5 melhores coisas para fazer em Vancouver com crianças

A cidade oferece uma grande variedade de actividades e atracções para as famílias com crianças desfrutarem, aqui estão as cinco melhores coisas para fazer em Vancouver com crianças:

  1. Science World: Um centro e museu de ciência prático que oferece exposições interativas e educação STEM para crianças.
  2. Capilano Suspension Bridge Park (Parque da Ponte Suspensa Capilano): Uma atração turística popular com pontes suspensas e passarelas suspensas no alto do rio Capilano.
  3. Aquário de Vancouver: Um aquário público com uma variedade de vida marinha e programas educacionais para os visitantes.
  4. Stanley Park: Grande parque urbano com parques infantis, mini-trem, parque aquático e o Stanley Park Zoo.
  5. Granville Island: Um bairro vibrante com uma atmosfera animada, lojas únicas, um mercado público e um parque aquático e parque infantil.

Qual é a melhor altura para visitar Vancouver?

A melhor altura para visitar Vancouver depende dos teus interesses e do tipo de clima que preferes. Geralmente, os meses de maio a setembro são considerados a melhor época para visitar, pois o tempo é quente e ensolarado, perfeito para actividades ao ar livre e passeios turísticos. Os meses de junho a agosto são os mais quentes, com temperaturas médias a rondar os 22°C (72°F) e muito sol, o que os torna perfeitos para caminhadas, natação e outras actividades ao ar livre. A cidade também oferece uma série de festivais e eventos durante esta época, como o Vancouver International Jazz Festival e o Celebration of Light, uma competição de fogos de artifício que acontece em English Bay.


Vancouver é uma cidade cara?

Vancouver é considerada uma cidade cara para se viver e visitar. O custo de vida em Vancouver é elevado, especialmente no que diz respeito à habitação, uma vez que os preços dos imóveis estão entre os mais elevados do Canadá. O custo da alimentação, dos transportes e do entretenimento também é relativamente elevado em comparação com outras cidades do Canadá.

O alojamento também pode ser caro, com os preços dos hotéis a variar entre moderados e elevados, especialmente durante a época alta do turismo. Jantar fora também pode ser caro, com muitos restaurantes cobrando preços altos pelas refeições, especialmente no centro da cidade.

No entanto, também é possível encontrar ofertas e descontos em algumas actividades e alojamentos, bem como formas de poupar dinheiro, como utilizar os transportes públicos, tirar partido de actividades e eventos gratuitos e procurar ofertas em comida e actividades.


GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE AS MELHORES COISAS PARA FAZER EM VANCOUVER? PINTA-O!

Se achaste este artigo interessante, considera partilhá-lo com os teus amigos. Para nós será muito importante 🙂

Explorar mais dicas de viagem