Descobrir Avilés: 10 curiosidades cativantes

Street_Avilés
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Índice

Situada no coração das Astúrias, em Espanha, Avilés é uma cidade pitoresca com uma história rica e uma cultura vibrante. Desde as suas encantadoras ruas de paralelepípedos à sua arquitetura deslumbrante, Avilés convida os viajantes a explorar as suas jóias escondidas e a mergulhar na sua atmosfera única. Nesta publicação do blogue, aprofundamos 10 factos fascinantes sobre Avilés que mostram o seu fascínio e destacam porque é um destino de visita obrigatória para aventureiros e entusiastas da história. Vamos embarcar numa viagem à descoberta da encantadora cidade de Avilés e desvendar os seus segredos.

Para os viajantes que procuram conhecer o melhor de Avilés, o Tourgame da Explorial oferece-te visitas autoguiadas imersivas que mostram os tesouros escondidos da cidade e desvendam as suas histórias mais cativantes. Quer sejas um aficionado por história, gastronomia ou arte, a Explorial irá conduzir-te numa viagem inesquecível pelo coração de Avilés, onde cada esquina guarda uma nova descoberta e cada momento é repleto de maravilhas.

Vamos explorar 10 factos divertidos desta cidade:

  1. As raízes antigas de Avilés: Avilés tem uma história que se estende por mais de um milénio, com provas de povoamento humano que remontam à época pré-romana. Como uma das cidades mais antigas das Astúrias, Avilés foi testemunha do fluxo e refluxo das civilizações, deixando para trás uma tapeçaria de marcos históricos e tesouros culturais.
  2. O Museu de História Urbana de Avilés: Sabias que o Museu de História Urbana de Avilés está instalado num edifício histórico que data do século XVII? Originalmente conhecida como a Casa de las Baragañas, esta joia arquitetónica serviu de residência para ricos comerciantes e nobres durante o apogeu da cidade como um próspero porto e centro comercial. Hoje em dia, os visitantes do museu podem explorar os seus interiores maravilhosamente preservados e descobrir um tesouro de artefactos, documentos e exposições que oferecem uma visão da evolução de Avilés, de aldeia medieval a metrópole moderna. Com o seu rico património e exposições imersivas, o Museu de História Urbana de Avilés proporciona uma viagem fascinante pelo passado da cidade e oferece um vislumbre da vida dos seus habitantes ao longo dos séculos.
  3. As maravilhas da arquitetura moderna: Embora Avilés esteja impregnada de história, também abraça a modernidade com os seus inovadores projectos arquitectónicos. Um dos marcos mais emblemáticos da cidade é o Centro Niemeyer, desenhado pelo famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer. Este complexo cultural futurista apresenta formas geométricas impressionantes e acolhe uma variedade de exposições, concertos e espectáculos ao longo do ano.
  4. Avilés: Um paraíso culinário: Os amantes da gastronomia regozijam-se em Avilés, onde a cozinha tradicional asturiana é o centro das atenções. Desde guisados saudáveis e pratos de marisco saborosos a sobremesas deliciosas, como o arroz doce e as casadielles (pastelaria asturiana), a cena culinária da cidade seduz o paladar e oferece uma verdadeira aventura gastronómica.
  5. O encantador centro histórico: Passear pelas ruas labirínticas do centro histórico de Avilés é como voltar atrás no tempo. Adornada com edifícios centenários, praças encantadoras e ruelas pitorescas, a Cidade Velha exala um encanto intemporal que convida os visitantes a passear sem pressa e a mergulhar no ambiente de outrora.
  6. Avilés: Uma cidade de festas: Ao longo do ano, Avilés ganha vida com um vibrante calendário de festas e celebrações que reflectem a sua herança cultural e o seu gosto pela vida. Desde os tradicionais festivais de folclore até aos eventos de música contemporânea, há sempre algo excitante a acontecer em Avilés que promete encantar e inspirar.
  7. O oásis verde do Parque Ferrera: Foge da agitação da cidade e refugia-te no Parque Ferrera, um oásis verdejante no coração de Avilés. Com a sua vegetação luxuriante, lagos tranquilos e percursos pedestres panorâmicos, o Parque Ferrera oferece um santuário sereno onde os visitantes podem relaxar, descontrair e ligar-se à natureza.
  8. Avilés: Um refúgio para artesãos: O artesanato prospera em Avilés, onde os artesãos locais exercem o seu ofício e criam produtos artesanais requintados. Desde a cerâmica e olaria intrincadas aos têxteis tradicionais e esculturas em madeira, os ateliers artesanais de Avilés oferecem-te um vislumbre de técnicas e tradições antigas passadas de geração em geração.
  9. O património marítimo de Avilés: Como cidade costeira, Avilés tem uma profunda ligação com o mar, que se reflecte no seu património marítimo e nas suas tradições marinheiras. Os visitantes podem explorar a zona portuária histórica da cidade, passear pelo passeio marítimo e admirar os majestosos barcos que adornam as suas costas, evocando um sentido de aventura e exploração.
  10. A tradição colorida do Carnaval de Antroxu: Avilés é o lar do Carnaval de Antroxu, uma celebração alegre que marca o início da Quaresma com desfiles animados, trajes vibrantes e exuberantes festividades de rua. Com séculos de existência, o Carnaval de Antroxu está profundamente enraizado na cultura asturiana e mostra o espírito de criatividade e folia da comunidade. Durante o carnaval, as ruas de Avilés ganham vida com música, dança e alegria, com os habitantes locais e os visitantes a usarem disfarces elaborados e a participarem em procissões coloridas. Desde as máscaras tradicionais e os trajes extravagantes até aos concursos animados e às delícias gastronómicas, o Carnaval de Antroxu oferece um vislumbre das tradições festivas de Avilés e proporciona uma experiência inesquecível a todos os que participam na sua folia jubilosa.

O que ver e fazer no Museu de História Urbana de Avilés

O Museu de História Urbana de Avilés, também conhecido como Museo de la Historia Urbana de Avilés, é uma instituição cultural localizada no coração do centro histórico de Avilés, Astúrias, Espanha. Este museu dedica-se a preservar e a mostrar a rica história e o património da cidade de Avilés, desde as suas origens medievais até aos dias de hoje.

Aqui estão alguns destaques do que os visitantes podem esperar ver e experimentar no Museu de História Urbana de Avilés:

  1. Edifício histórico: Como já foi referido, o museu está instalado num magnífico edifício histórico conhecido como a Casa de las Baragañas, que data do século XVII. A arquitetura em si é um testemunho do passado da cidade e oferece aos visitantes um vislumbre da grandeza do auge de Avilés como um importante porto e centro comercial.
  2. Exposições permanentes: O museu apresenta exposições permanentes que abordam vários aspectos da história urbana de Avilés. Os visitantes podem explorar exposições que abordam temas como as origens medievais da cidade, a sua herança marítima, o desenvolvimento urbano, a industrialização e a evolução cultural ao longo dos séculos. Através de uma combinação de artefactos, documentos, fotografias e apresentações multimédia, o museu oferece uma visão abrangente do passado de Avilés e da sua importância na região.
  3. Exposições interactivas: Para envolver visitantes de todas as idades, o Museu de História Urbana de Avilés oferece exposições interactivas e actividades práticas que dão vida à história da cidade. Desde mapas interactivos e apresentações multimédia a réplicas de artefactos e exposições imersivas, os visitantes podem participar ativamente na aprendizagem do fascinante passado de Avilés.
  4. Programas educativos: O museu organiza uma variedade de programas educativos, workshops e visitas guiadas destinadas a grupos escolares, famílias e turistas. Estes programas oferecem oportunidades únicas para aprofundar aspectos específicos da história, da arquitetura e do património cultural de Avilés, sob a orientação de pessoal especializado do museu e de especialistas.
  5. Eventos culturais: Para além das suas exposições e programas educativos, o Museu de História Urbana de Avilés organiza regularmente eventos culturais, conferências e exposições temporárias que exploram questões contemporâneas e temas relevantes para a cidade e os seus habitantes. Estes eventos contribuem para a vibrante cena cultural de Avilés e promovem o diálogo e o envolvimento da comunidade.

Visitar o Museu de História Urbana de Avilés oferece uma viagem cativante através do tempo e fornece uma visão inestimável da identidade, das tradições e da transformação contínua da cidade. Quer sejas um entusiasta da história, um aficionado cultural ou simplesmente um curioso sobre o passado de Avilés, este museu é um destino de visita obrigatória que promete enriquecer a tua compreensão e apreciação desta encantadora cidade espanhola.

O que comer em Avilés:

Avilés, situada na região das Astúrias, em Espanha, é conhecida pelas suas ricas tradições culinárias, caracterizadas por pratos fartos e saborosos que destacam os abundantes recursos naturais da região, incluindo marisco, carnes e produtos lácteos. Apresentamos-te alguns pratos típicos de Avilés e da cozinha asturiana em geral:

  1. Fabada asturiana: Considerado o prato por excelência das Astúrias, a Fabada Asturiana é um guisado de feijão feito com feijão branco grande, chouriço, morcilla (chouriço de sangue), e muitas vezes inclui barriga ou ombro de porco. Cozinhada lentamente até à perfeição, a Fabada Asturiana é um prato reconfortante e farto, apreciado durante todo o ano.
  2. Cachopo: Uma especialidade asturiana muito apreciada, o cachopo consiste em dois grandes filetes de vitela ensanduichados com fiambre e queijo, panados e fritos até ficarem dourados e estaladiços. O cachopo é tipicamente servido com batatas fritas ou batatas ao estilo asturiano e é um favorito entre os habitantes locais e os visitantes.
  3. Caldereta de Pescado: A localização costeira de Avilés faz com que o marisco seja uma caraterística proeminente da sua cozinha. A Caldereta de Pescado é um guisado de peixe tradicional preparado com uma variedade de mariscos locais, como a pescada, o tamboril, o camarão e as amêijoas, cozinhados num caldo rico à base de tomate aromatizado com alho, pimentão e açafrão.
  4. Merluza a la Sidra: A pescada cozinhada em cidra é um prato clássico das Astúrias que mostra a herança culinária da região. O peixe é suavemente escalfado em cidra asturiana, juntamente com cebola, alho e salsa, resultando num prato delicado e aromático que equilibra perfeitamente os sabores do mar e do pomar.
  5. Tortos de Maíz: Tortos são panquecas grossas de farinha de milho que são um elemento básico da cozinha asturiana. Normalmente servidos como acompanhamento ou aperitivo, os tortos são muitas vezes acompanhados de coberturas como chouriço, queijo ou legumes salteados, oferecendo uma adição versátil e deliciosa a qualquer refeição.
  6. Arroz con Leche: Nenhuma refeição nas Astúrias está completa sem uma porção de arroz com leite, ou pudim de arroz. Feito com arroz de grão curto, leite, açúcar e aromatizado com canela e raspas de limão, o arroz com leite é uma sobremesa reconfortante e indulgente que é apreciada em toda a região.
  7. Queijo Cabrales: Proveniente das montanhas das Astúrias, o Cabrales é um queijo azul de renome com um sabor forte e distinto. Feito a partir de leite de vaca, ovelha ou cabra e envelhecido em grutas naturais, o queijo Cabrales é um ingrediente apreciado na cozinha asturiana e é frequentemente servido com pão estaladiço e cidra asturiana.
Fabada Asturiana

Estes são apenas alguns exemplos dos deliciosos pratos que mostram o património culinário de Avilés e da região das Astúrias. Quer estejas a saborear um saudável guisado de feijão, a deliciar-te com marisco fresco ou a provar queijos artesanais, jantar em Avilés será certamente uma experiência memorável e gastronómica.

O Centro Niemeyer

O Centro Niemeyer em Avilés é um complexo cultural desenhado pelo famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer. A sua presença em Avilés é o resultado de uma colaboração e de uma visão únicas, destinadas a revitalizar a cidade e a celebrar o seu património cultural.

A história por detrás do Centro Niemeyer remonta ao início dos anos 2000, quando o governo espanhol lançou um projeto para transformar Avilés num pólo cultural e promover o desenvolvimento económico da região. Como parte desta iniciativa, o governo convidou Oscar Niemeyer, um dos arquitectos mais proeminentes do século XX, conhecido pelos seus projectos modernistas, para criar um centro cultural que servisse como um farol de criatividade e inovação.

Niemeyer, que já era conhecido por seus projetos icônicos, como a Catedral de Brasília e a sede das Nações Unidas em Nova York, abraçou a oportunidade de deixar sua marca em Avilés. Inspirado pelo passado industrial e pela herança marítima da cidade, Niemeyer imaginou um complexo cultural que misturaria arquitetura de vanguarda com expressão artística, proporcionando um espaço para as pessoas se envolverem com as artes e promoverem o intercâmbio cultural.

Concluído em 2011, o Centro Niemeyer é um testemunho da visão arrojada e da estética vanguardista de Niemeyer. O seu design marcante apresenta curvas arrebatadoras, formas geométricas arrojadas e cores vibrantes que reflectem o estilo caraterístico do arquiteto e a sua filosofia de arquitetura como escultura.

O Centro Niemeyer é composto por uma variedade de instalações, incluindo espaços para exposições, auditórios, salas de conferências e uma praça para espectáculos e eventos ao ar livre. Acolhe um conjunto diversificado de actividades culturais, incluindo exposições de arte, concertos, projecções de filmes, espectáculos de teatro e programas educativos, tornando-o um destino cultural dinâmico e inclusivo para residentes e visitantes.

A decisão de instalar o Centro Niemeyer em Avilés foi motivada pelo desejo de revitalizar a economia da cidade, promover o turismo e posicionar Avilés como um centro de artes e cultura contemporâneas. Ao investir em infra-estruturas culturais e ao fomentar a expressão criativa, o Centro Niemeyer ajudou a revigorar Avilés, a atrair visitantes de todo o mundo e a catalisar um renascimento da atividade artística e cultural na região.

Na sua essência, o Centro Niemeyer em Avilés não é apenas um edifício, mas um símbolo de colaboração, criatividade e intercâmbio cultural – uma obra-prima arquitetónica que personifica o espírito de inovação e transformação.

AVI carousel 4 1

Concluindo, Avilés é uma cidade rica em história, cultura e encanto, que oferece uma grande variedade de experiências que cativam a imaginação e encantam os sentidos. Desde as suas origens antigas até às suas maravilhas modernas, Avilés possui uma tapeçaria de factos fascinantes e tesouros culturais que convidam à exploração e à descoberta.

Ao longo desta viagem, descobrimos 10 factos divertidos sobre Avilés que mostram o seu encanto e realçam o seu carácter único. Desde as raízes antigas das suas ruas de pedra até às tradições vibrantes das suas festas e delícias culinárias, Avilés convida os viajantes a mergulharem na sua rica tapeçaria de vistas, sons e sabores.

Além disso, a cidade de Avilés oferece uma experiência ainda mais enriquecedora através da aplicação Explorial Tourgame. Esta plataforma inovadora oferece aos visitantes visitas auto-guiadas imersivas que desvendam as jóias escondidas da cidade, revelam as suas histórias cativantes e oferecem uma compreensão mais profunda do seu património cultural. Com o Explorial, os viajantes podem embarcar em aventuras personalizadas através de Avilés, guiados por percepções de especialistas e conhecimento local, garantindo uma viagem inesquecível e enriquecedora.

Quer estejas a passear pela encantadora Cidade Velha, a saborear os sabores da cozinha asturiana ou a explorar as maravilhas arquitectónicas do Centro Niemeyer, Avilés cativa o coração e inspira a alma. Com o seu encanto intemporal, a sua cultura vibrante e o seu espírito de aventura, Avilés convida os viajantes a descobrir a magia que se encontra nas suas ruas e a embarcar numa viagem de exploração e admiração.

Faz as malas, descarrega a aplicação Explorial Tourgame e deixa-te encantar por Avilés. A cada passo, descobrirás novas surpresas, criarás recordações inesquecíveis e viverás a verdadeira essência desta cidade requintada situada no coração das Astúrias, em Espanha.

Explorar mais dicas de viagem