Como passar 3 dias perfeitos em Estocolmo: Um guia completo

3-Day Stockholm Guide
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Índice

Estocolmo, a capital da Suécia, é uma cidade que combina na perfeição a modernidade com a riqueza da história. Desde o seu icónico arquipélago até às movimentadas ruas da cidade, há algo para todos os viajantes. Antes de mergulhares no itinerário, vamos explorar os locais de visita obrigatória e o seu significado.

Pontos de visita obrigatória emEstocolmo

1. Gamla Stan (A Cidade Velha)

1 2

Gamla Stan, que se traduz por “A Cidade Velha”, é o núcleo histórico de Estocolmo. Fundada no século XIII, é um dos centros urbanos medievais mais bem preservados da Europa. Com as suas ruas estreitas e sinuosas de paralelepípedos e edifícios dourados, Gamla Stan é um testemunho vivo da rica história de Estocolmo. Além disso, para além do seu encanto óbvio, há muito para descobrir:

  • O Palácio Real (Kungliga Slottet): Dominando o extremo norte de Gamla Stan, o Palácio Real é a residência oficial do monarca sueco. Com mais de 600 quartos, é um dos maiores palácios da Europa. Os visitantes podem explorar os Apartamentos de Estado, o Tesouro com a regalia, o Museu da Coroa e a Capela Real. Além disso, não percas a cerimónia diária da troca da guarda, um espetáculo colorido que atrai muitos.
  • Storkyrkan (Catedral de Estocolmo): Oficialmente chamada Sankt Nikolai kyrka (Igreja de São Nicolau), a Storkyrkan é a igreja mais antiga de Gamla Stan. No interior, encontrarás obras de arte impressionantes, incluindo a famosa estátua de madeira de São Jorge e o Dragão.

2. Museu Vasa: Uma maravilha marítima em Estocolmo

O Museu Vasa em Estocolmo é a casa do navio Vasa, um grande navio de guerra que teve um destino trágico ao afundar-se na sua viagem inaugural em 1628. Aqui tens uma imagem deste museu icónico:

  1. Conto do navio: Encomendado pelo Rei Gustavus Adolphus para mostrar as proezas navais da Suécia, o Vasa era um navio magnífico mas com falhas. A instabilidade do seu design levou-o a afundar-se no porto de Estocolmo poucos minutos depois de zarpar.
  2. Salvamento e preservação: Redescoberto no final da década de 1950, o navio foi resgatado em 1961. As águas frias e salobras do Mar Báltico preservaram-no extraordinariamente bem durante mais de três séculos.
  3. Destaques do museu: Localizado na ilha de Djurgården, o museu exibe o Vasa quase totalmente intacto, mostrando as suas esculturas intrincadas. Os visitantes podem explorar exposições sobre a vida naval do século XVII, a construção naval e a recuperação do navio.
  4. Interativo e excursões: O museu oferece secções interactivas para crianças e visitas guiadas que aprofundam a história e o significado do navio.
2 2

Uma visita ao Museu Vasa proporciona um vislumbre único da história sueca, da arqueologia marítima e da história de um navio que foi simultaneamente uma maravilha e um conto de advertência.

3. Skansen: História Viva da Suécia

3 2

Situado na ilha de Djurgården, o Skansen é o primeiro museu ao ar livre do mundo, fundado em 1891. Oferece uma tapeçaria viva da herança sueca, apresentando mais de 150 edifícios históricos de várias regiões. Os visitantes podem recuar no tempo enquanto actores em trajes da época demonstram artesanato antigo, enquanto o jardim zoológico nórdico no local lhes dá a conhecer a vida selvagem escandinava. O museu é um centro de festividades tradicionais, desde os bailes de verão aos mercados de Natal, proporcionando vistas panorâmicas de Estocolmo a partir da sua localização elevada. Uma visita ao Skansen é uma viagem através do rico legado cultural e natural da Suécia, tudo numa experiência imersiva.

4. Fotografiska: Um refúgio fotográfico no coração de Estocolmo

4 1

Localizada no animado bairro de Södermalm, a Fotografiska é um dos principais centros de fotografia contemporânea do mundo. Desde a sua criação em 2010, tem apresentado uma miríade de géneros, desde fotógrafos de renome mundial a talentos em ascensão. Instalado numa alfândega do início do século XX maravilhosamente renovada, o museu combina na perfeição a arquitetura histórica com o design moderno. Para além das suas cativantes exposições, o Fotografiska promove iniciativas educativas, oferecendo uma série de workshops e palestras. A sustentabilidade está no seu centro, evidente no compromisso do seu restaurante com produtos sazonais e locais. Uma visita está incompleta sem uma paragem no café do último piso, onde te esperam vistas panorâmicas de Estocolmo, tornando a Fotografiska não só uma viagem artística, mas também um deleite sensorial.

5. Arquipélago de Estocolmo: Um oásis marítimo em expansão

5

O Arquipélago de Estocolmo é uma extensão marítima de cortar a respiração, composta por mais de 30.000 ilhas, ilhéus e rochedos que se estendem ao longo da costa da Suécia. Desde serenos pedaços de terra desabitados a ilhas movimentadas com aldeias pitorescas, o arquipélago oferece uma gama diversificada de experiências. Rico em beleza natural, é um paraíso para actividades ao ar livre como caiaque, vela e caminhadas. A mistura única de paisagens acidentadas, águas cristalinas e casas de madeira tradicionais suecas faz do arquipélago uma visita obrigatória, oferecendo tanto retiros tranquilos como experiências culturais vibrantes, a uma curta viagem de barco do centro da cidade de Estocolmo.

6. ABBA O Museu: Revive o fenómeno pop

6

O Museu dos ABBA, situado na Ilha de Djurgården, em Estocolmo, é um tributo vibrante a um dos grupos pop mais emblemáticos da história da música. Mais do que um simples museu, é uma viagem interactiva através da ascensão meteórica e do legado dos ABBA. Aqui tens uma visão geral:

  1. Exposições interactivas: Os visitantes podem experimentar virtualmente os famosos trajes dos ABBA, dançar numa réplica do palco “Waterloo” e até juntar-se à banda gravando uma canção. O museu dá vida à experiência do ABBA, permitindo que os fãs mergulhem na magia.
  2. Memorabilia em abundância: O museu alberga uma extensa coleção de fatos originais da banda, discos de ouro, artefactos pessoais e muito mais, oferecendo um mergulho profundo na sua ilustre carreira.
  3. A história: Através de uma série de exposições, o museu narra a viagem dos ABBA, desde os seus primórdios, a sua descoberta com “Waterloo” no Festival Eurovisão da Canção, até ao seu domínio global e eventual hiato.
  4. Guia áudio: Narrado pelos próprios membros da banda – Agnetha, Benny, Björn e Anni-Frid – o áudio-guia fornece informações pessoais, anedotas e histórias dos bastidores, tornando a experiência íntima e autêntica.
  5. Hall da Fama da Música Sueca: O museu também alberga o Swedish Music Hall of Fame, que celebra a rica tapeçaria da música sueca para além dos ABBA.

A tua derradeira aventura de 3 dias em Estocolmo: Um itinerário com curadoria

Dia 1: Os clássicos

Manhã:

  1. Gamla Stan (A Cidade Velha): Começa a tua viagem no coração de Estocolmo. Passeia pelas suas ruas estreitas de pedra e maravilha-te com os edifícios bem preservados que datam do século XIII. Não te esqueças de visitar o Palácio Real e a Catedral de Estocolmo.
  2. Museu do Prémio Nobel: Aprende sobre a história do Prémio Nobel e dos seus laureados. É uma visita inspiradora que mostra o engenho humano e a vontade de tornar o mundo um lugar melhor.

Tarde:

  1. Museu Vasa: Dirige-te à ilha de Djurgården e visita este museu que alberga o navio Vasa do século XVII, que se afundou na sua viagem inaugural. É um vislumbre único da história marítima.
  2. Skansen: Também na ilha de Djurgården, Skansen é o museu ao ar livre mais antigo do mundo. Experimenta as tradições suecas, vê edifícios históricos e conhece animais nórdicos.

À noite:

  1. Södermalm: Explora este bairro da moda conhecido pela sua vibração boémia. Janta num restaurante local e conhece a vida nocturna de Estocolmo.

Dia 2: Estocolmo moderna e jóias escondidas

Manhã:

  1. Fotografiska: Começa o teu dia neste museu de fotografia contemporânea. Não se trata apenas de arte; as vistas da cidade a partir do seu café são de cortar a respiração.
  2. Oaxen Slip: Um bistrô nórdico na Ilha Djurgården, que oferece pratos sustentáveis e de origem local. Uma verdadeira joia escondida para os amantes da gastronomia.

À tarde:

  1. Biblioteca Pública de Estocolmo: Uma maravilha arquitetónica, esta biblioteca é um paraíso para os amantes de livros e para aqueles que procuram um retiro tranquilo.
  2. Rosendals Trädgård: Um belo jardim que fica fora do caminho turístico típico. Desfruta de um fika (pausa para café sueco) no seu café no meio da vegetação.

À noite:

  1. Passeio sob as pontes de Estocolmo: Conhece a cidade a partir das suas vias navegáveis. Este passeio de barco oferece-te uma perspetiva diferente dos pontos de referência de Estocolmo.

Dia 3: A aventura no arquipélago

De manhã e à tarde:

  1. Visita o arquipélago: Nenhuma visita a Estocolmo está completa sem explorar o seu deslumbrante arquipélago. Faz um passeio de barco de um dia para visitar ilhas como Grinda e Sandhamn. Aprecia as paisagens serenas, as casas de madeira tradicionais e as águas cristalinas.

À noite:

  1. ABBA O Museu: Termina a tua viagem com uma nota alta, visitando este museu interativo dedicado ao lendário grupo pop sueco. Dança, canta e revive a magia dos ABBA.

Conclui: Abraça a magia de Estocolmo

Estocolmo, com a sua rica tapeçaria de história, cultura e beleza natural, promete uma experiência inesquecível a todos os viajantes. Desde as ruas calcetadas de Gamla Stan até aos ecos melódicos dos ABBA, a cidade oferece uma mistura harmoniosa entre o passado e o presente. Quer sejas um aficionado da história, um entusiasta da arte ou simplesmente um curioso, Estocolmo chama-te de braços abertos. Ao embarcares nesta viagem de 3 dias, deixa-te envolver pelo encanto da cidade e leva contigo memórias que durarão para toda a vida. Boa viagem e aproveita cada momento nesta joia escandinava!


GOSTASTEDESTE ARTIGO SOBRE ESTOCOLMO? COLOCA-O NO PIN!

Se achaste este artigo interessante, considera partilhá-lo com os teus amigos. Para nós, isso significa muito! 🙂

Explorar mais dicas de viagem