11 factos curiosos sobre Grenoble

Fun Facts About Grenoble
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Índice

Grenoble é muitas vezes ofuscada pelas cidades mais famosas de França, como Paris, Nice ou Lyon. No entanto, se aprofundares um pouco mais, descobrirás que esta cidade vibrante, situada nos Alpes franceses, está repleta de história, cultura e beleza natural fascinantes. Aqui estão algumas curiosidades sobre Grenoble que te podem surpreender:

  1. A “Capital dos Alpes”: Grenoble é carinhosamente conhecida como a “Capital dos Alpes” devido à sua localização estratégica no sopé das montanhas. A cidade oferece vistas deslumbrantes sobre os picos cobertos de neve e é um centro para os entusiastas dos desportos de inverno.
  2. É acasa do café mais antigo de França: O “Le Café de la Table Ronde”, fundado em 1739, está localizado em Grenoble e afirma ser o segundo café mais antigo de França. A atmosfera aqui transportar-te-á para o passado!
  3. A Bastilha: Não, não é a famosa prisão parisiense! Grenoble tem a sua própria Bastilha – uma fortaleza situada no alto da cidade. É acessível através do teleférico Grenoble-Bastille, que oferece aos passageiros uma vista panorâmica da cidade e das montanhas circundantes.
  4. Uma cidade Nobel: Grenoble está ligada a vários vencedores do Prémio Nobel. Em 1991, o próprio Pierre-Gilles de Gennes, da Universidade de Grenoble, ganhou o Prémio Nobel da Física. A cidade também desempenhou um papel crucial nos primeiros trabalhos de Albert Michelson, outro laureado com o Prémio Nobel da Física.
  5. Inventores e inovações: A cidade foi o local de nascimento de Stendhal, um famoso escritor do século XIX. Foi também onde Xavier Jouvin concebeu uma nova técnica de fabrico de luvas nos anos 1800, revolucionando a indústria.
  6. Estilo internacional: O facto de ter acolhido os Jogos Olímpicos de inverno de 1968 colocou Grenoble no mapa mundial. O evento estimulou o desenvolvimento de infra-estruturas, e a cidade ainda hoje aprecia com orgulho a sua herança olímpica.
  7. Grenoble verde: Grenoble é uma das principais cidades europeias em termos de espaços verdes por habitante. Dispõe de numerosos parques, o que a torna um paraíso para os amantes de passeios e piqueniques.
  8. Transportes inovadores: Sabias que Grenoble foi uma das primeiras cidades do mundo a introduzir um sistema de partilha de automóveis? A cidade está sempre à procura de soluções inovadoras para reduzir o tráfego e promover meios de transporte amigos do ambiente.
  9. Cristalinas: As águas que correm em Grenoble estão entre as mais puras de França. Isto deve-se às fontes alpinas próximas, que filtram naturalmente e fornecem água limpa aos habitantes da cidade.
  10. Capital das nozes: A região em torno de Grenoble, especialmente a zona de Dauphiné, é conhecida pelas suas nozes. A sua qualidade é tão elevada que lhes foi atribuída a designação AOC (Appellation d’Origine Contrôlée), semelhante à de um bom vinho.
  11. Um centro de ciência e de alta tecnologia: Grenoble é a sede de uma das maiores instalações de sincrotrão da Europa, a European Synchrotron Radiation Facility (ESRF). Também alberga muitas empresas tecnológicas e startups, estabelecendo frequentemente paralelos com o Silicon Valley da Califórnia.

Um pouco mais sobre Grenoble…

mkt images 1600 × 800 px 13

História:

  • Antiguidade: As origens de Grenoble remontam a mais de 2.000 anos. Era inicialmente uma pequena aldeia gaulesa antes de se tornar um assentamento romano conhecido como “Cularo”.
  • Dauphiné: Na Idade Média, Grenoble tornou-se a capital da antiga região conhecida como Dauphiné. O título “Dauphin” (que significa “Golfinho” em francês) era atribuído ao herdeiro do trono francês, uma tradição que começou devido à união entre o Reino de França e a região de Dauphiné.
  • Resistência durante a Segunda Guerra Mundial: Durante a Segunda Guerra Mundial, Grenoble foi um centro de resistência contra a ocupação nazi. Foi uma das primeiras grandes cidades francesas a serem libertadas.

Cultura:

  • Stendhal: Uma das maiores figuras literárias de França, Stendhal (nome verdadeiro: Marie-Henri Beyle), nasceu em Grenoble em 1783. Escreveu clássicos como “O Vermelho e o Negro” e “A Cartuxa de Parma”.
  • Museus: A cidade possui uma infinidade de museus, incluindo o Museu de Arte de Grenoble, que abriga uma impressionante coleção de arte contemporânea e clássica, e o Museu da Resistência, que oferece uma visão sobre o papel da cidade durante a Segunda Guerra Mundial.

Top 10 Lugares a visitar

  1. La Bastille: Esta antiga fortaleza oferece uma vista panorâmica da cidade e dos Alpes circundantes. Podes subir a pé ou apanhar o teleférico único “Les Bulles”.
  2. Museu de Arte de Grenoble (Musée de Grenoble): Conhecido pela sua impressionante coleção de arte contemporânea e clássica, este museu exibe peças desde o século XIII até ao presente.
  3. Museu da Resistência e da Deportação: Um museu dedicado à Resistência Francesa durante a Segunda Guerra Mundial, oferecendo um olhar profundo sobre o papel de Grenoble neste período crítico.
  4. Museu Dauphinois: Este museu apresenta a cultura e a história da região de Dauphiné. Instalado num convento do século XVII, as suas exposições abrangem a arqueologia, a etnologia e o folclore local.
  5. A Cidade Velha: Passeia pelo coração histórico de Grenoble, com as suas ruelas estreitas, boutiques e esplanadas de café. Não te esqueças de visitar a Place Grenette, a praça principal da cidade.
  6. O Museu Arqueológico de Grenoble: Situado em Saint-Laurent, este museu oferece uma exposição subterrânea única que mostra o passado cristão e medieval de Grenoble.
  7. Osjardins de Grenoble: A cidade é o lar de vários parques e jardins. O Jardin des Plantes e o Parc Paul Mistral são exemplos notáveis, proporcionando locais tranquilos para relaxar.
  8. Palais du Parlement du Dauphiné: Um belo edifício renascentista, que foi outrora a sede do Parlamento do Dauphiné.
  9. Igreja de Saint Louis: Uma igreja neo-gótica arquitetonicamente única, situada no coração da cidade.
  10. Catedral Notre-Dame: Uma catedral de estilo gótico que é um testemunho da rica história de Grenoble.

GOSTASTE DESTE ARTIGO SOBRE GRENOBLE? PINTA-O!

Se achaste este artigo interessante, considera partilhá-lo com os teus amigos. Para nós, será muito importante! 🙂

Explorar mais dicas de viagem